MotoGP

Petrucci lidera dobradinha da Ducati no primeiro dia de testes da MotoGP em Jerez. Lorenzo é 7º

Danilo Petrucci foi o responsável por colocar a Ducati na ponta do primeiro dia de testes da MotoGP em Jerez. Com o tempo de 1min37s968, liderou a dobradinha da equipe italiana, que viu Andrea Dovizioso sofrer uma forte queda na hora final da sessão. Takaaki Nakagami foi quem apareceu em terceiro
Warm Up / NATHALIA DE VIVO, de São Paulo
 Danilo Petrucci (Foto: Reprodução)
Dani Petrucci mostrou que chegou com o pé direito na Ducati. Nesta quarta-feira (28), os pilotos voltaram para a pista para o primeiro dia de testes em Jerez de La Frontera, e com o tempo de 1min37s968, o piloto liderou a dobradinha da Ducati.
 
O dia começou bastante gelado na cidade espanhola. Inclusive, por conta das baixas temperaturas, a pista teve pouca atividade na parte da manhã, mas com as condições melhorando à tarde.
 
O #9 completou um total de 53 giros nesta quarta-feira, e foi o único piloto que rodou abaixo do 1min38. Tanto ele quanto seu companheiro, Andrea Dovizioso, pilotaram motos de 2018 e 2019 para fazer comparações no dia inaugural em Jerez. Entretanto, de acordo com Davide Tardozzi, os pilotos fizeram cedo a troca.
 
Quando falta uma hora para o encerramento do dia, Danilo tratou de anotar sua marca e saltar para a ponta da tabela. Logo em seguida Takaaki Nakagami se colocou em segundo, mas rapidamente foi jogado para terceiro quando o #4 tratou de se encaixar 0s217 atrás de seu companheiro.
Danilo Petrucci (Foto: Reprodução)
Dovizioso, entretanto, sofreu um grande revés em sua volta seguinte. Na curva 5 acabou protagonizando uma forte queda, precisando ser levado para a clínica do circuito para maiores avaliações. Ainda não se sabe se vai participar do segundo dia de atividades.
 
Maverick Viñales, quem liderou os dois dias de treinos coletivos em Valência, na última semana, ficou com a quarta colocação da tabela, apenas 0s4 atrás de Petrucci e ficando à frente de Marc Márquez, que terminou o dia em quinto.
 
O titular da Honda deu apenas 50 voltas nesta quarta-feira, anotando seu melhor tempo no giro de número 28 ainda no início da tarde, se colocando como o mais veloz naquele momento. Na hora final, o espanhol não decidiu ir para a pista, permanecendo nos boxes.
 
Agora, Franco Morbidelli voltou a impressionar em cima da Yamaha, mostrando ter se encaixado da melhor maneira com a moto. Terminando o dia em sexto, cravou 1min38s659 na última hora e meia de sessão. Jorge Lorenzo foi o sétimo, chegando a liderar por um breve momento.
 
O espanhol de Palma de Maiorca tem mostrado cada vez mais adaptação em cima da RC213V. Em Valência, foi 18º no primeiro dia e 12º no dia final, já ganhando cinco posições na tabela apenas em seu terceiro dia de trabalho com a fábrica japonesa.
Jorge Lorenzo (Foto: Reprodução)
Jack Miller, com a Ducati, foi o oitavo, com Álvaro Bautista, substituindo o lesionado Michele Pirro, terminou como o nono mais rápido do dia. Joan Mir, o décimo, marcou também a melhor colocação de um estreante. O espanhol anotou uma marca 0s988 inferior a de Petrucci.
 
Entretanto, Joan foi outro nome que também protagonizou uma forte queda na sessão. O piloto chegou a ser levado ao centro médico do circuito, mas após alguns exames, constaram que não havia sofrido nada. Os demais estreantes, Francesco Bagnaia e Fabio Quartararo, terminaram em 14º e 15º.
 
Valentino Rossi encerrou o dia na 17ª colocação após só poder rodar 50 voltas. O italiano da Yamaha teve de passar muito tempo nos boxes por conta de um problema com sua M1. 

MotoGP, testes privados, Jerez de La Frontera, dia 1:

1 D PETRUCCI Ducati 1:37.968   44 53
2 A DOVIZIOSO Ducati 1:38.185 +0.217 53 53
3 T NAKAGAMI LCR Honda 1:38.348 +0.380 57 66
4 M VIÑALES Yamaha 1:38.376 +0.408 55 58
5 M MÁRQUEZ Honda 1:38.517 +0.549 28 50
6 F MORBIDELLI SIC Yamaha 1:38.659 +0.691 53 69
7 J LORENZO Honda 1:38.749 +0.781 31 56
8 J MILLER Pramac Ducati 1:38.816 +0.848 61 72
9 A BAUTISTA Ducati 1:38.830 +0.862 36 64
10 J MIR Suzuki 1:38.956 +0.988 52 52
11 A IANNONE Aprilia Gresini 1:39.008 +1.040 20 24
12 T RABAT Avintia Ducati 1:39.097 +1.129 49 53
13 A RINS Suzuki 1:39.150 +1.182 29 87
14 F BAGNAIA Pramac Ducati 1:39.157 +1.189 50 51
15 F QUARTARARO SIC Yamaha 1:39.414 +1.446 59 59
16 P ESPARGARÓ KTM 1:39.552 +1.584 46 56
17 V ROSSI Yamaha 1:39.564 +1.596 28 50
18 B SMITH Aprilia Gresini 1:40.174 +2.206 64 69
19 J ZARCO KTM 1:40.192 +2.224 45 56
20 K ABRAHAM Avintia Ducati 1:40.438 +2.470 29 43
21 H SYAHRIN Tech3 KTM 1:40.630 +2.662 38 51
22 S GUINTOLI SUZUKI 1:40.743 +2.775 31 48
23 M OLIVEIRA Tech3 KTM 1:41.699 +3.731 57 61
24 M BAIOCCO Aprilia Gresini 1:42.766 +4.798 44 49