MotoGP

Pilotos apoiam novo sistema de punição testado no Catar: “Fica mais claro o que você deve fazer”

A MotoGP está caminhando na direção certa com a punição alternativa para substituir o atual sistema de perda de posição. Testando o procedimento no Catar, pilotos como Valentino Rossi e Andrea Dovizioso apoiaram a ideia, a vendo com bons olhos

Grande Prêmio / Redação GP, de São Paulo
A MotoGP mostrou ter acertado com a proposta de punição alternativa para pequenas infrações. Andrea Dovizioso e Valentino Rossi foram dois pilotos que mostraram seu apoio ao método testado no Catar.
 
Antes do início das atividades em Losail, a direção de prova reuniu os pilotos para explicar rapidamente o novo sistema – foi pedido a eles que tentassem passar por uma área demarcada no asfalto fora da curva 6, fazendo-os perder tempo.
 
A punição alternativa tem sido testada para substituir o sistema atual do Mundial, que consiste na perda de posição em situações como ultrapassagem em bandeira amarela ou cortar curvas.
 
Apesar de não ter testado o sistema no Catar, Andrea Dovizioso recebeu a ideia de forma bastante positiva. “Parece que a maior parte dos pilotos acredita ser uma boa ideia. Pode ser uma maneira muito melhor de administrar do que quando se perde uma posição”, falou ao ‘Autosport’.
Valentino Rossi (Foto: Yamaha)
“Fica mais claro o que você deve fazer, o quanto você perde – é a mesma coisa para todos antes do final de semana. Não sei se é fácil criar isso em todos os circuitos, mas acredito que é uma boa ideia”, continuou.
 
“Infelizmente eu não testei, o único problema pode ser a sujeira fora da pista, com certeza é mais escorregadio. Mas quando você recebe essa penalidade, é porque você cometeu um erro”, completou.
 
Valentino Rossi foi outro piloto que opinou sobre a propost, dizendo ser uma maneira mais justa de punir do que a já existente. “É um pouco complicado, mas não impossível. Eles dizem que você perde 3s, mas acho que é um pouco mais”, continuou.
 
“Para mim é mais certo do que perder uma posição, pois às vezes você perde 0s5, mas às vezes perde 5s. Isso vai ser sempre a mesma coisa [perder tempo]”, encerrou.