Pol Espargaró bate Oliveira por 0s044 e lidera TL1 da MotoGP na Indonésia. Quartararo é 16º

Em um final de treino movimentado para a MotoGP, Pol Espargaró repetiu a boa forma da pré-temporada e colocou a Honda no topo da tabela de tempos com 1min33s499. Miguel Oliveira e Marc Márquez fecharam o top-3

MOTOGP DÁ BOLA FORA COM DOCUMENTÁRIO FANTASMA

Pol Espargaró abriu o fim de semana na Indonésia com o pé direito. Depois de mostrar boa forma na pré-temporada em Mandalika, o catalão aproveitou o bom desempenho da Honda para comandar a manhã desta sexta-feira (18) em um final de primeiro treino livre movimentado.

Com o asfalto um pouco traiçoeiro no início da atividade por conta da chuva que caiu mais cedo, o treino tardou a esquentar, mas os minutos finais viram muitas trocas na ponta da tabela. Já com o cronômetro zerado, porém, Pol foi a 1min33s499 para destronar Miguel Oliveira por só 0s044 e colocar a Honda na liderança. Mais 0s035 atrás, Marc Márquez ficou em terceiro.

LEIA TAMBÉM
Quem é a primeira mulher a chefiar equipe vencedora na MotoGP?

POL ESPARGARÓ (Foto: Honda)

ANÁLISE
MotoGP peca na distribuição e transforma ‘MotoGP Unlimited’ em série limitada

Com 1min33s881, Franco Morbidelli colocou a Yamaha no quarto lugar, diante de Johann Zarco. Aleix Espargaró foi 0s753 mais lento que o irmão e acabou em sexto, seguido por Brad Binder. Vindo de vitória no Catar, Enea Bastianini ficou com a oitava colocação, diante de Francesco Bagnaia e Joan Mir.

Campeão vigente, Fabio Quartararo optou por usar um pneu dianteiro duro e acabou apenas em 16º. O francês cravou 1min34s793 na melhor de 21 voltas e foi 1s294 mais lento do que Pol.

A classificação do GP da Indonésia de MotoGP acontece neste sábado (19), às 4h05 (de Brasília), no circuito de Mandalika. O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades da segunda etapa do Mundial de Motovelocidade 2022.

Saiba como foi o primeiro treino da MotoGP em Mandalika:

O primeiro treino da MotoGP na Indonésia começou com calor e pista seca. Quando a classe rainha entrou na pista, os termômetros mediam 28°C, com o asfalto chegando a 33°C. A umidade relativa do ar estava em 84%, com o vento soprando a 6 km/h.

Quando os primeiros tempos foram registrados, Johann Zarco surgiu na liderança, com 1min44s994, ainda muito acima do 1min31s060 registrado na pré-temporada. Miguel Oliveira, Jack Miller, Franco Morbidelli e Remy Gardner vinham em seguida.

Mandalika é uma das duas pistas estreantes na MotoGP (Vídeo: MotoGP)

Na sequência, Oliveira assumiu o comando com 1min42s301, mas logo foi superado por um Miller 1s841 mais veloz. Brad Binder avançou para terceiro, diante de Zarco e Gardner. Com quase dez minutos de sessão, apenas dez pilotos tinham tempo registrado.

Enquanto Miller tratou de baixar para 1min38s827, Marco Bezzecchi tratou de avançar para a segunda colocação, já 2s245 atrás do líder. Pouco depois, porém, Fabio Quartararo tomou o segundo lugar, mas teve a volta cancelada por exceder os limites de pista.

Passados cerca de 15 minutos de treino, Marc Márquez deixou os boxes da Honda pela primeira vez. Os pilotos iniciaram o treino com cautela, já que o asfalto ainda estava úmido da chuva que caiu mais cedo. Gardner, Fabio Di Giannantonio, Darryn Binder e Aleix Espargaró, por exemplo, foram para o TL1 com pneus sulcados nos minutos iniciais.

Jack Miller liderou os primeiros minutos do TL1 em Mandalika (Vídeo: MotoGP)

Fabio, então, foi a 1min38s751 e tomou a liderança, mas logo foi superado por um Oliveira 0s773 mais veloz. Miller caiu para terceiro, diante de Dovizioso, Bastianini e Bezzecchi.

Na quinta volta nesta manhã indonésia, Marc cravou 1min35s958 e saltou para o topo da tabela, abrindo 0s477 de margem para Oliveira. Zarco agora era o terceiro, seguido por Brad Binder.

Líder da pré-temporada, Pol Espargaró passou o companheiro de Honda por 0s088 para tomar a liderança, mas não sustentou a ponta, já que foi superado quase que de imediato por Zarco, que virou 0s017 mais veloz.

Usando um pneu macio na dianteira e um médio atrás, a combinação majoritária nesta manhã, Morbidelli virou 1min35s560 e saltou para a segunda colocação, 0s514 atrás de Zarco. Instantes depois, Marc superou Johann por só 0s059 e retomou a ponta da atividade.

Johann Zarco assumiu o comando do treino 1 em meados da sessão (Vídeo: MotoGP)

A ‘festa’ da Honda seguiu mais um pouco, com Pol Espargaró virando 0s511 melhor do que Marc Márquez para puxar o 1-2. Zarco era terceiro, diante de Brad Binder, Aleix, Morbidelli, Mir, Maverick Viñales, Oliveira e Remy Gardner.

Faltando dez minutos para o fim da sessão, Enea Bastianini, vencedor do GP do Catar, vinha apenas em 24º, 4s5 atrás do líder do TL1.

Depois de uma última passagem pelos boxes, Miller avançou para a terceira colocação, 0s527 atrás de Pol. Marc também foi melhor, mas apenas para cortar para 0s316 a margem do companheiro de equipe no topo da sessão.

A liderança de Pol, aliás, ficou menos folgada em seguida, com Oliveira passando 0s239 mais lento para ser segundo.

Com menos de cinco minutos para o fim da sessão, Franco Morbidelli, com um par de macios, anotou 1min33s881 e tomou a ponta, 0s595 à frente de Pol. De imediato, Marc avanço para segundo, mais ainda 0s492 atrás do ítalo-brasileiro.

Marc vinha em boa volta, mas acabou atrapalhado por Marco Bezzecchi e precisou aliviar para evitar o choque. Oliveira, então, conseguiu passar o piloto de Cervera para ocupar a segunda colocação.

Mais atrás, Andrea Dovizioso avançou para quinto, diante de Zarco e Fabio Quartararo, que tinha um pneu duro na dianteira. Binder também conseguiu avançar e botou a KTM na segunda colocação. 0s394 atrás de Franco.

Pol Espargaró ficou com melhor tempo no TL1 em Mandalika (Vídeo: MotoGP)

Instantes antes de o relógio zerar, Aleix Espargaró foi a 1min34s252 e subiu para segundo, mas caiu para terceiro imediatamente, já que o irmão superou Morbidelli por 0s121 para ser primeiro. Márquez, porém, destronou Pol por 0s182 para pegar a ponta.

Com o cronômetro travado, Oliveira passou com 1min33s543 para tomar a ponta de Márquez por 0s035, mas Pol ainda tinha uma última volta e virou 0s044 melhor para ficar com o comando em Mandalika.

MotoGP 2022, GP da Indonésia, Mandalika, Treino Livre 1:

1P ESPARGARÓHonda1:33.499 
2M OLIVEIRAKTM1:33.543+0.044
3M MÁRQUEZHonda1:33.578+0.079
4F MORBIDELLIYamaha1:33.881+0.382
5J ZARCOPramac Ducati1:34.242+0.743
6A ESPARGARÓAprilia1:34.252+0.753
7B BINDERKTM1:34.275+0.776
8E BASTIANINIGresini Ducati1:34.327+0.828
9F BAGNAIADucati1:34.357+0.858
10J MIRSuzuki1:34.479+0.980
11J MILLERDucati1:34.562+1.063
12A DOVIZIOSORNF Yamaha1:34.592+1.093
13R FERNÁNDEZTech3 KTM1:34.676+1.177
14T NAKAGAMILCR Honda1:34.707+1.208
15M VIÑALESAprilia1:34.715+1.216
16F QUARTARAROYamaha1:34.793+1.294
17Á RINSSuzuki1:34.893+1.394
18A MÁRQUEZLCR Honda1:34.897+1.398
19R GARDNER Tech3 KTM1:35.186+1.687
20M BEZZECCHIVR46 Ducati1:35.258+1.759
21J MARTÍNPramac Ducati1:35.525+2.026
22L MARINIVR46 Ducati1:36.771+3.272
23F DI GIANNANTONIOGresini Ducati1:36.838+3.339
24D BINDERRNF Yamaha1:37.116+3.617

GUIA DA MOTOGP 2022
MotoGP abre era pós-Rossi com menu extenso e pratos para lamber os beiços
MotoGP mantém estabilidade e só tem mudanças pontuais no regulamento
Acosta chega forte, mas Moto2 é livro aberto na busca por protagonista
Volta de Carrasco e estreia de Moreira deixam olhos atentos à Moto3
Aprilia dá novo passo e mira protagonismo de novo status na MotoGP
Yamaha ainda sofre com motor, mas busca evolução na MotoGP
Aprilia dá novo passo e mira protagonismo de novo status na MotoGP
Quartararo sai da glória de campeão para a luta de se manter no topo
Sem ícone máximo, MotoGP tem de descobrir novo mundo em era pós-Rossi
Ducati cria casca e entra na temporada 2022 com pressão do favoritismo
KTM chega cercada de incertezas após tropeços e decepções na MotoGP
Bagnaia ganha Ducati e vira bola da vez na MotoGP mesmo derrotado em 2021
De campeão a surpresa, novatos invadem MotoGP com diferentes expectativas
Suzuki atende pilotos e surge vitaminada com melhora na moto e novo chefe
Honda torce por Marc Márquez inteiro para voltar do ostracismo em 2022
Marc Márquez chega a 2022 para recuperar forma e retomar domínio

BASTIANINI OFERECE ALENTO À DUCATI EM CATAR DESASTROSO NA MOTOGP
Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar