MotoGP
17/02/2018 15:43

Por segurança, MotoGP muda programação e vai molhar pista do Catar para teste com iluminação artificial

Depois da chuva do ano passado, a MotoGP concordou em molhar o circuito de Losail durante o dia final da pré-temporada para permitir que os pilotos avaliem as condições sob as luzes artificiais
Warm Up / Redação GP, de São Paulo
 'Chuva forte deixou muita água acumulada na pista de Losail (Foto: Ducati)

Depois da incomum chuva do ano passado, a MotoGP mudou a programação do último dia de testes coletivos da pré-temporada para que os pilotos tenham a chance de provar o asfalto molhado junto com as luzes artificiais do traçado catari.
 
Assim, no último dia de testes coletivos, a pista de Losail será molhada para que os pilotos possam testar em condições incomuns na hora final de atividades.
'Chuva forte deixou muita água acumulada na pista de Losail no ano passado (Foto: Ducati)

Em meados de fevereiro do ano passado, Loris Capirossi, representante da Dorna, a promotora do Mundial, na Direção de Prova, esteve no Catar para avaliar a possibilidade de correr em Losail com a pista molhada. Após uma prova com o circuito molhado artificialmente, o ex-piloto considerou que era possível correr, mas ficou acordado que os titulares teriam a palavra final caso fosse necessário.
 
 
“Nós vamos parar meia hora antes do fim, vamos molhar a pista e deixamos os pilotos saírem para chegar”, explicou Capirossi em entrevista ao site oficial da categoria. “Não é realmente um teste para tempo de volta. Para nós, é realmente importante testar a visibilidade com 20 motos na pista para ver se é possível fazer a corrida na chuva ou não”, seguiu.
 
Questionado sobre a reação dos pilotos à ideia, Loris admitiu: “Alguns estão felizes, outros não. Mas tudo bem”.