MotoGP

Pramac une experiência e juventude e confirma De Angelis e Hook na Copa do Mundo de MotoE em 2019

A Pramac anunciou nesta terça-feira (13) que Alex De Angelis e Josh Hook serão os representantes do time na temporada de estreia da Copa do Mundo de MotoE
Warm Up / Redação GP, de São Paulo
 Alex de Angelis (Foto: Pramac)
LEIA TAMBÉM
 A vez das elétricas

Mais uma equipe confirmou seus pilotos para a temporada inaugural da Copa do Mundo de MotoE. A Pramac anunciou nesta terça-feira (13) que terá Alex De Angelis e Josh Hook como titulares.
 
Com o anúncio da Pramac, 14 dos 18 pilotos já estão confirmados. Além de De Angelis e Hook, o grid da série elétrica contará ainda com Randy De Puniet e Niccolò Canepa na LCR; Kenny Foray e Héctor Garzo na Tech3; Nico Terol e María Herrera na Ángel Nieto; Xavier Siméon e Eric Granado na Avintia; Jesko Raffin na IntactGP; Matteo Ferrari em uma das vagas da Gresini; Sete Gibernau na Pons; e Bradley Smith na SIC.
Alex de Angelis vai disputar primeira temporada da Copa do Mundo de MotoE (Foto: Ioda)
Aos 34 anos, De Angelis entrou no Mundial de Motovelocidade em 1999, correndo nas 125cc. Depois, o piloto de Rimini passou por 250cc, Moto2 e MotoGP, onde correu pela última vez em 2015. Alex, aliás, já vestiu as cores da Pramac em 2013, quando substituiu Andrea Iannone em Laguna Seca.
 
“Var ser eletrizante”, brincou De Angelis. “Pode parecer um trocadilho, mas não é. Estou empolgado em fazer parte deste projeto e estou muito satisfeito por voltar a um time com o qual tive uma experiência muito feliz em Laguna Seca em 2013. É uma equipe muito profissional e tenho certeza de que eles podem me dar aquela ajuda extra para me sair bem. Estou fora das pistas há um ano e é por isso que estou tão ansioso para voltar para a posta em Jerez. Vai ser uma boa oportunidade para mim e para a nova moto. Eu gostaria de agradecer Paolo Campinotti e Francesco Guidotti por me darem essa oportunidade. Conheço o profundo espírito competitivo do time e vou dar meu melhor para atingir grandes resultados”, assegurou.
 
Aos 25 anos, Hook chega à Copa do Mundo de MotoE depois de passar pela Red Bull Rookies Cup e pelos campeonatos australiano e japonês. Além disso, Josh venceu o Mundial de Endurance da FIM em 2018.
 
“Estou encantado em me juntar à Pramac nesta nova aventura com a MotoE. A temporada 2019 será a primeira de muitas desta nova categoria e representa uma grande oportunidade para mim”, comentou Hook. “Sou muito grato ao time por acreditar na minha habilidade e tenho certeza que podemos atingir grande satisfação. A MotoE é nova para todos, então será ótimo trabalhar no desenvolvimento da moto. Tenho certeza de que podemos ter ótimas corridas. Temos alguns dias de teste em Jerez na próxima semana e estou ansioso para trabalhar com o time neste novo projeto para que possamos realmente entender a moto”, concluiu.
 
A categoria, que terá motos da italiana Energica, será composta por cinco etapas: Jerez de la Frontera, Le Mans, Sachsenring, Red Bull Ring e Misano. As corridas terão de oito a dez voltas de duração, dependendo do tamanho do circuito.