Preparando adeus, Hayden elogia “grande trabalho” da promotora da MotoGP e coloca título de 2006 como melhor memória

Se despedindo da MotoGP, Nicky Hayden escolheu a conquista do título de 2006 como sua melhor memória e elogiou o trabalho da Dorna na promoção do campeonato. Norte-americano falou com cautela sobre mudança para o Mundial de Superbike, mas avisou que sua meta é conquistar o título

A cobertura completa do GP do Japão no GRANDE PRÊMIO

 
Em suas últimas provas na categoria máxima da FIM (Federação Internacional de Motociclismo), Hayden não teve dificuldades ao apontar a conquista do título de 2006 em cima de Valentino Rossi como sua melhor memória.
Nicky Hayden vai deixar a MotoGP no fim da temporada 2015 (Foto: Aspar)
“Sem dúvida, a melhor memória da minha carreira na MotoGP foi conquistar o título de 2006”, disse Hayden. “Vencer minha corrida de casa duas vezes [em 2005 e 2006] em Laguna Seca foi incrível, mas nada se compara à sensação de ser campeão mundial. Acreditei nas minhas chances, lutei até o final e foi a minha temporada”, destacou.
 
Na contagem regressiva para se despedir da MotoGP, Hayden fez uma avaliação positiva de sua carreira no Mundial de Motovelocidade, mas ressaltou que é hora de encarar um novo desafio.
 
“Tive muita sorte na MotoGP”, comentou. “Tive sorte o bastante para ter uma longa e bem sucedida carreira, competindo por grandes fábricas e nos maiores times. Agora eu tenho a oportunidade de manter minha ligação com a Honda e encarar um novo desafio”, seguiu.
 
 “Estou realmente motivado em seguir para a Superbike, que é de onde eu vim e onde tudo começou para mim. Tomara que eu possa me adaptar rapidamente e me divertir”, torceu.
 
Apesar da animação, Nicky evitou traçar objetivos para 2016, mas afirmou que espera estar brigando na frente no ano seguinte.
 
“Ainda é muito cedo para falar do futuro, mas meu objetivo final é ir para o Mundial de Superbike e conquistar o título, me tornar o primeiro piloto a vencer os Mundiais de MotoGP e Superbike”, anunciou. “De qualquer forma, não vamos nos deixar levar. Antes de mais nada, preciso chegar lá e ver o quão competitivo posso ser. A primeira temporada não será fácil, mas espero estar brigando na ponta em 2017”, frisou.
Nicky Hayden não segurou as lágrimas com a conquista do título de 2006 (Foto: Repsol)
Por fim, Hayden agradeceu a todos que acompanharam e apoiaram sua carreira, e se disse sortudo por ter feito muitos amigos no paddock da MotoGP.
 
“Eu quero agradecer a todos pela afeição que tiveram por mim. Eu realmente curti o meu tempo na MotoGP”, falou. “Tive 13 excelentes anos aqui e alcancei o meu sonho de ser campeão mundial. Gostaria de ter vencido mais corridas e sido mais bem sucedido, mas coloquei uma estrela na minha moto, competindo em um nível muito alto”, continuou.
 
“Este é um ótimo paddock, cheio de pessoas excelentes, e tenho sorte por ter feito muitos amigos aqui. A MotoGP está em grande forma no momento, o campeonato é muito competitivo, os circuitos estão ficando mais seguros e as motos estão evoluindo”, listou. “Acho que a Dorna está fazendo um ótimo trabalho e graças a eles o nosso esporte é mais popular e excitante do que jamais foi”, elogiou.
 
“Estou ansioso para ver como a temporada 2015 vai terminar”, sublinhou. “Quero agradecer todos os fãs que me acompanharam ao longo do ano e também agradecer aos times com que trabalhei”, completou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube