Presidente da Ducati espera por “ponto comum” com Rossi, mas diz: “Ele deve acreditar no projeto”

Em entrevista ao diário italiano ‘La Gazzetta dello Sport’, Gabriele Del Torchio, presidente da Ducati, falou sobre as negociações com Valentino Rossi para a temporada de 2013. Dirigente disse ter pressa para resolver a dupla do ano que vem e ressaltou que o italiano precisa acreditar no projeto de Borgo Panigale

Gabriele Del Torchio, presidente da Ducati, esteve em Laguna Seca no último fim de semana para apresentar a Valentino Rossi a proposta final da Audi, que adquiriu a fábrica italiana no início do ano, para renovar seu vínculo com o time de Borgo Panigale.

Após ouvir a proposta, Valentino revelou que o time vermelho lhe ofereceu menos dinheiro que nos anos anteriores – apesar de se tratar de uma oferta superior a que foi feita pelos japoneses – e não apresentou detalhes sobre seu projeto técnico.

Mesmo garantindo que segue com uma grande vontade de resolver os problemas das Desmosedici, Rossi classificou a opção pela Ducati como arriscada e prometeu avaliar suas opções durante as férias e anunciar seu futuro em breve.
 

Com Hayden confirmado, Del Torchio aguarda resposta de Rossi (Foto: Ducati)


Del Torchio, por sua vez, afirmou em entrevista ao jornal italiano ‘La Gazzetta dello Sport’ que o time tem pressa em confirmar a dupla de 2013 e deu sinais de não estar muito confiante na permanência do multicampeão.

“Todos devem fazer suas próprias avaliações e então teremos a decisão final”, disse Del Torchio. “Esperamos encontrar um ponto comum com Valentino, que consideramos um grande piloto. Mas até ele deve acreditar no nosso projeto”, considerou.

O dirigente ressaltou que a Audi tem muito interesse em seguir adiante com o projeto da MotoGP e usar sua experiência para melhorar o protótipo.

“A Audi considera a equipe da MotoGP essencial: não só quer continuar, mas está disposta a colocar em campo todo seu conhecimento para tornar a Desmosedici competitiva.”

Desta perspectiva surgiu a ideia de um time júnior, uma estrutura que contará com jovens pilotos, que utilizarão a mesma moto da equipe oficial. Os principais candidatos a este posto são Andrea Iannone e Scott Redding, que testam com a equipe nesta semana no circuito de Mugello.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube