Quartararo diz que chegar à Yamaha sem vitória na MotoGP “não vai me prejudicar”

Fabio Quartararo descartou qualquer tipo de pressão por vitórias na MotoGP. Subindo para Yamaha em 2021, afirmou que isso não o faz duvidar de seu talento

Fabio Quartararo não tem se colocado pressão para conseguir vencer na MotoGP. O francês reconhece o feito de triunfar no Mundial de Motovelocidade, mas não vê problemas em estrear na Yamaha sem ter conseguido ganhar uma corrida.

‘El diablo’ teve campanha de encher os olhos em seu debute na classe rainha. Pilotando pela SIC, conseguiu nada menos que seis pole-positions e sete pódios. Na classificação final, ficou na quinta colocação, dois postos à frente de Valentino Rossi.

A promoção para a MotoGP pegou muitos de surpresa por conta do desempenho mais discreto nas classes menores. Chegou a ser chamado de novo Marc Márquez, mas nos quatro anos entre Moto3 e Moto2, só conseguiu três pódios, um sendo vitória.

Sem pressão por vitórias em 2020 (Foto: SIC)

Mas a exibição em 2019 garantiu a promoção de Fabio para a equipe de fábrica da Yamaha em 2021, substituindo #46. E mesmo que em 2020 tenha uma moto similar a de Rossi e Maverick Viñales, descartou a pressão por vitórias.

“Não vai me prejudicar chegar à Yamaha sem ter vencido uma corrida, pois sempre dei meu melhor. E se acontecer de não ter vencido ainda, então tudo bem. Nunca em minha vida trabalhei tão duro quanto agora. Não duvido das minhas habilidades”, explicou ao site Motorsport.

“Mas vencer uma corrida da MotoGP é algo tremendo. Vou tentar o máximo possível, mas nada aconteceria caso chegar lá [na equipe de fábrica em 2021] sem ter vencido uma corrida”, concluiu o francês de 20 anos.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube