Quartararo lidera 1-2 da SRT Yamaha no TL1 em Emília-Romanha. Dovizioso é 7º

Dupla da equipe satélite da Yamaha fechou a manhã desta sexta-feira (18) separada por só 0s090. Pol Espargaró ficou com o terceiro posto, enquanto o líder do Mundial 2020 foi 0s431 mais lento que o ponteiro

A boa performance da Yamaha voltou a ser exibida na manhã desta sexta-feira (18) em Misano. Ao menos com o time satélite. Depois da decepção da corrida da semana passada, que terminou com um abandono após dois tombos, Fabio Quartararo ditou o ritmo no primeiro treino livre para o GP de Emília-Romanha e da Riviera de Rimini.

O francês de Nice completou um total de 21 voltas, a melhor delas em 1min31s721, 0s090 melhor que Franco Morbidelli, o segundo colocado. Os dois, porém, usam estratégias diferentes, já que Fabio calçou um pneu traseiro macio, enquanto o ítalo-brasileiro fez sua melhor marca com o calçado duro na traseira da YZR-M1.

Fabio Quartararo, SRT, MotoGP 2020, GP de San Marino, Treino
Fabio Quartararo está fora da liderança do Mundial pela primeira vez desde o início do ano (Foto: SRT)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Pol Espargaró foi só 0s120 mais lento que o ponteiro e ficou com o terceiro posto, à frente de Joan Mir e Miguel Oliveira. Mais uma vez, Takaaki Nakagami foi a melhor Honda e ficou em sexto.

Líder do Mundial, Andrea Dovizioso fez a melhor de suas 20 voltas em 1min32s152 e ficou com o sétimo tempo, 0s431 atrás do ponteiro. Johann Zarco aparece na sequência, com Aleix Espargaró e Francesco Bagnaia completando o top-10.

Maverick Viñales ficou com o 13º tempo, com Valentino Rossi fechando a atividade em 17º.

Saiba como foi o TL1 do GP de Emilia-Romanha e da Riviera de Rimini de MotoGP:

Com o sol brilhando no céu da província de Rimini, a MotoGP iniciou o primeiro treino livre do fim de semana com a temperatura na casa dos 25°C, com o asfalto batendo a marca de 24°C. A velocidade do vento era de 10 km/h.

Aleix Espargaró abriu a sessão no topo da tabela de tempos, mas logo foi superado pelo irmão Pol, que assumiu o comando da sessão ao cravar 1min32s508. Franco Morbidelli saltou para o segundo posto, com Joan Mir também se colocando entre os irmãos de Granollers.

Na sequência, foi Fabio Quartararo quem apareceu para se colocar entre os ponteiros. 0s677 mais lento que o titular da KTM, o francês da SRT Yamaha se instalou no quarto posto.

Aleix, porém, respondeu rápido e retomou o segundo lugar, 0s280 atrás do irmão. Mir, contudo, também melhorou e interferiu na disputa familiar. Quartararo apareceu na sequência para se instalar na segunda posição, 0s290 atrás do líder.

Na quinta volta nesta manhã, Álex Márquez cravou 1min32s767 e saltou para a quarta colocação, 0s377 atrás de Pol. O titular da Honda tinha um par de pneus médios na RC213V.

Morbidelli, então, foi a 1min32s365 para tomar a liderança da sessão, 0s025 mais rápido que Pol. Quartararo caiu para terceiro, com Mir e Álex Márquez completando o top-5 em Misano.

Na sessão matutina em Misano, Maverick Viñales deixou os boxes usando o escapamento novo que foi testado pela Yamaha na atividade da última terça-feira. A peça, que é bastante diferente do modelo original da YZR-M1, tem um formato similar a um megafone.

Em meados da sessão, Álex Rins levou um susto na curva 5. O espanhol perdeu o controle da GSX-RR e deu uma bela sacudida, mas conseguiu evitar a queda. Ainda assim, o air-bag do macacão foi acionado.

Álex Rins conseguiu evitar a queda, mas quase foi ejetado da GSX-RR (Foto: Reprodução)

Enquanto isso, Rossi avançou para a nona colocação, 0s467 atrás de Morbidelli. Takaaki Nakagami vinha na sequência, à frente de Miguel OIiveira.

Restando pouco menos de 20 minutos para o fim da sessão, Pol Espargaró cravou 1min32s355 e recuperou o comando do TL1, 0s010 melhor que Morbidelli. Nakagami agora tinha o terceiro posto, à frente de Francesco Bagnaia e Jack Miller.

A liderança da KTM durou pouco desta vez. Morbidelli, que tinha um pneu médio na dianteira da Yamaha e um duro na traseira, foi a 1min32s224 e retomou a ponta, 0s131 melhor que Pol. Bagnaia subiu para terceiro, à frente de Nakagami, Viñales, Miller, Quartararo, Oliveira, Mir e Álex Márquez.

Minutos depois de salvar uma queda, Rins levou um tombo na curva 8 ao perder a frente da Suzuki. O espanhol não se feriu com gravidade, mas teve de voltar aos boxes pela via de serviço de Misano.

Na reta final da sessão, Andrea Dovizioso anotou 1min32s152 para colocar a Ducati na ponta, mas ficou pouco por lá, já que Mir apareceu 0s226 melhor para ficar com o comando. Os dois já estavam calçados com pneus macios na traseira.

Aleix também melhorou e assumiu o terceiro posto, 0s006 à frente de Oliveira, que agora aparecia em quarto. Morbidelli caiu para quinto, com Johann Zarco se instalando na sexta posição.

Também com o pneu traseiro macio instalado na RC16 da KTM, Oliveira avançou para a segunda posição, reduzindo para 0s039 a vantagem de Mir na ponta. Logo depois, todavia, Quartararo pulou para o comando, 0s037 melhor que o caçula dos pilotos da Suzuki. Ainda com um pneu duro na traseira, Nakagami subiu para o quarto lugar, 0s213 mais lento que o líder.

Pol Espargaró seguiu o mesmo caminho e saltou para a primeira posição, mas não teve tempo de ficar confortável, já que Quartararo apareceu 0s120 melhor para pegar a ponta da tabela. Logo em seguida, Morbidelli dividiu os dois, 0s090 mais lento que o companheiro de equipe.

Já com a bandeira quadriculada tremulando em Misano, ninguém conseguiu bater a marca de Quartararo, que fechou a sessão na liderança.

MotoGP 2020, GP da Emília-Romanha e Riviera de Rimini, Misano, treino livre 1:

1F QUARTARAROSRT Yamaha1:31.721 
2F MORBIDELLISRT Yamaha1:31.811+0.090
3P ESPARGARÓKTM1:31.841+0.120
4J MIRSuzuki1:31.926+0.205
5M OLIVEIRATech3 KTM1:31.965+0.244
6T NAKAGAMILCR Honda1:32.102+0.381
7A DOVIZIOSODucati1:32.152+0.431
8J ZARCOAvintia Ducati1:32.170+0.449
9A ESPARGARÓAprilia Gresini1:32.185+0.464
10F BAGNAIAPramac Ducati1:32.410+0.689
11D PETRUCCIDucati1:32.435+0.714
12A MÁRQUEZHonda1:32.437+0.716
13M VIÑALESYamaha1:32.589+0.868
14B BINDERKTM1:32.611+0.890
15J MILLERPramac Ducati1:32.627+0.906
16A RINSSuzuki1:32.634+0.913
17V ROSSIYamaha1:32.832+1.111
18B SMITHAprilia Gresini1:33.101+1.372
19I LECUONATech3 KTM1:33.183+1.462
20S BRADLHonda1:33.384+1.663
21T RABATAvintia Ducati1:33.496+1.775

LEIA TAMBÉM
Francis Bradfield, o homem que protesta contra o racismo sozinho na MotoGP
+ Rossi confirma conversa com Ducati por vaga para Marini na MotoGP com Avintia em 2021
Na Garagem: Cadalora vence com folga na estreia de Jacarepaguá nas 500cc

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube