Quartararo vê dificuldade de ultrapassagem da Yamaha em 2020: “Difícil vencer corridas”

O francês, vice-líder da classificação, apontou que a vitória para a fábrica japonesa só é possível caso comece da ponta do pelotão

Fabio Quartararo voltou a apontar problemas na moto da Yamaha. A crítica da vez por parte do francês foi a dificuldade em ultrapassagem durante a corrida, alegando que não consegue acompanhar os adversários.

Nesta temporada, a Yamaha venceu quatro das sete etapas – ‘El Diablo’ triunfou na rodada dupla em Jerez de la Frontera, Franco Morbidelli ganhou o GP de San Marino, e Maverick Viñales subiu ao degrau mais alto do pódio no GP da Emília-Romanha. Três dessas conquistas vieram após o piloto largar da pole-position – apenas de o espanhol ter perdido a ponta para Francesco Bagnaia.

Na corrida do último fim de semana, a moto mais rápida da Yamaha ainda foi 11 km/h mais lenta que a mais rápida da Ducati. “Estamos sofrendo muito para ultrapassar, e se não é igual Maverick [que liderou desde o início], é difícil vencer uma corrida”, explicou.

Fabio Quartararo tem a vice-liderança do Mundial (Foto: SRT)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

“Ganhei as duas vezes assim, como Franco, como Maverick. Quando se está atrás de alguém que tem muito mais motor do que você, não dá para ir melhor. Estou feliz por Maverick porque merecia”, disse o francês.

“Vamos ver Barcelona, é uma pista que amo, mas tem uma reta de 1 km, então, não sei o que pensar. Mas é um traçado que estou realmente ansioso, pois acho que podemos fazer algo realmente bom”, concluiu o piloto de 22 anos.

Mas não é apenas a ultrapassagem que tem rendido críticas à Yamaha. Quartararo já indicou que teve até mesmo de mudar seu estilo de pilotagem para conseguir lidar com os problemas da M1, enquanto Viñales cobrou uma melhora na aderência da moto.

Atualmente, no Mundial de Equipes, é a SRT, equipe satélite da fábrica nipônica, é quem vem na primeira colocação, com o time principal em segundo. No Mundial de Construtores, a Yamaha lidera com 25 pontos de vantagem para a Ducati.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube