MotoGP

Quartararo supera Márquez por 0s07 e encabeça TL1 na Alemanha. Rossi é 3º

Fabio Quartararo aproveitou a penúltima de suas 22 voltas para cravar 1min21s390 e tomar a liderança de Marc Márquez por 0s074. Mais 0s5 atrás, Valentino Rossi ficou com o terceiro tempo

Grande Prêmio / JULIANA TESSER, de São Paulo
Fabio Quartararo está mesmo em uma grandíssima fase. Vindo de dois pódios consecutivos, o jovem piloto da SIC assegurou a liderança do primeiro treino livre para o GP da Alemanha de MotoGP.
 
Líder da MotoGP e invicto em Sachsenring desde os tempos das 125cc, Marc Márquez dominou praticamente todos os 45 minutos da sessão matutina desta sexta-feira (5), mas Quartararo apareceu na penúltima de suas 22 voltas para cravar 1min21s390 e assegurar a ponta com uma margem de só 0s074.
Fabio Quartararo (Foto: Michelin)
Em meio à uma fase apagada, com três abandonos em sequência, Valentino Rossi começou o fim de semana de maneira mais positiva e ficou com o terceiro posto, ainda que 0s574 mais lento que o líder.
 
Mais 0s003 atrás, Álex Rins ficou com o quarto registro, à frente de Maverick Viñales, Andrea Dovizioso, Jack Miller, Andrea Iannone e Takaaki Nakagami. Lesionado após um acidente de bicicleta, Cal Crutchlow foi 1s049 mais lento que Fabio e acabou na décima colocação.

O GP da Alemanha de MotoGP está marcado para o domingo, às 9h (de Brasília). Acompanhe aqui a cobertura do GRANDE PRÊMIO.

Paddockast #24
A BATALHA: Indy x MotoGP


 
Saiba como foi o treino livre 1 do GP da Alemanha de MotoGP:
 
A sexta-feira amanheceu com muitas nuvens no céu de Chemnitz, mas a temperatura foi subindo com o passar das horas. Quando chegou a vez de a MotoGP ir para a pista, os termômetros marcavam 20°C, com o asfalto chegando a 25°C. A velocidade do vento era de 3 km/h.
 
Depois do revés de Assen, Álex Rins começou o fim de semana alemão com o pé direito. Com 1min23s267, o #42 foi o primeiro a aparecer no topo da tabela, 0s481 melhor que Marc Márquez, que estreia um novo chassi reforçado de carbono da Honda. Valentino Rossi vinha no terceiro posto.
 
Márquez, então, baixou para 1min22s420 e saltou para a liderança, 0s252 mais lento que Rins. Rossi manteve o terceiro posto, agora à frente de Quartararo e Crutchlow. 
 
O #93, então, seguiu melhorando. Depois de cinco voltas, Marc tinha 1min21s569 e liderava com 0s398 de margem para Rins. Andrea Iannone agora vinha em terceiro, seguido por Jack Miller, Rossi, Aleix Espargaró e Stefan Bradl.
 
Calçado com um par de pneus médios, Márquez seguiu melhorando e, depois de sete voltas, tinha 1min21s464 como melhor marca, 0s503 mais rápido que Rins, o segundo colocado. Quartararo vinha agora em terceiro, seguido por Miller, Rossi, Crutchlow, Pol Espargaró, Iannone, Aleix Espargaró e Maverick Viñales.
 
O #12, aliás, avançou na sequência. Com um pneu macio na frente e um médio atrás, o ‘Top Gun’ foi a 1min22s358 e pulou para o quarto posto, mas perdeu uma posição na sequência, já que Rossi apareceu 0s047 melhor.

Ainda no primeiro terço da sessão, Francesco Bagnaia sofreu uma queda na curva 8 de Sachsenring, mas não se machucou. 
 
Enquanto isso, os demais se encaminharam aos boxes. Márquez seguia na ponta da tabela, 0s503 melhor que Rins, o segundo colocado. Quartararo vinha em terceiro, com Dovizioso, Rossi, Viñales, Miller, Crutchlow, Pol Espargaró e Iannone fechando o top-10.
 
Ainda rodando, Viñales foi a 1min22s251 e assumiu o quarto posto, 0s787 mais lento que Márquez, que seguia dominante no topo da tabela.
 
Depois de alguns minutos mais calmos, Iannone baixou para 1min22s397 e assumiu o oitavo posto, 0s933 mais lento que o líder.
 
Estreando uma atualização aerodinâmica neste fim de semana, Franco Morbidelli também vinha empenhado em melhorar. Em sua 17ª volta, o italiano cravou 1min22s513 e assumiu o 11º posto, 1s049 atrás do líder Márquez.
 
Um pouco depois, Takaaki Nakagami baixou para 1min22s415 e ficou com o nono posto, 0s951 mais lento que Márquez.
 
Com um pneu macio na frente e um médio atrás, Rossi foi a 1min21s964 e saltou para o segundo posto, reduzindo a vantagem de Márquez para 0s5. Rins e Quartararo vinham em seguida.
 
Na sequência, Quartararo cravou 1min21s390 e tomou a ponta de Márquez por 0s074. Com o fim da sessão, ninguém conseguiu destronar o piloto da SIC.

MotoGP, GP da Alemanha, Sachsenring, treino livre 1:

1 F QUARTARARO SIC Yamaha 1:21.390  
2 M MÁRQUEZ Honda 1:21.464 +0.074
3 V ROSSI Yamaha 1:21.964 +0.574
4 A RINS Suzuki 1:21.967 +0.577
5 M VIÑALES Yamaha 1:22.251 +0.861
6 A DOVIZIOSO Ducati 1:22.282 +0.892
7 J MILLER Pramac Ducati 1:22.365 +0.975
8 A IANNONE Aprilia Gresini 1:22.397 +1.007
9 T NAKAGAMI LCR Honda 1:22.415 +1.025
10 C CRUTCHLOW LCR Honda 1:22.439 +1.049
11 P ESPARGARÓ KTM 1:22.458 +1.068
12 K ABRAHAM Avintia Ducati 1:22.487 +1.097
12 S BRADL Honda 1:22.512 +1.122
13 F MORBIDELLI SIC Yamaha 1:22.543 +1.153
14 A ESPARGARÓ Aprilia Gresini 1:22.566 +1.176
15 D PETRUCCI Ducati 1:22.705 +1.315
16 J ZARCO KTM 1:22.729 +1.339
18 F BAGNAIA Pramac Ducati 1:22.729 +1.339
19 M OLIVEIRA Tech3 KTM 1:22.762 +1.372
20 J MIR Suzuki 1:22.856 +1.466
21 T RABAT Avintia Ducati 1:22.898 +1.508
22 H SYAHRIN Tech3 KTM 1:23.957 +2.493
         
REC M MÁRQUEZ Honda 1:21.464 164.6  km/h
MV F QUARTARARO SIC Yamaha 1:21.390 162.3 km/h
Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.