Quatro meses após fratura de clavícula, Pedrosa volta à pista e testa KTM em Mugello

Pouco mais de quatro meses após ser submetido a uma cirurgia para tratar uma inesperada dupla fratura na clavícula direita, Dani Pedrosa voltou às pistas. O #26 guiou a KTM em um teste privado em Mugello

Resultado de imagem para emoji racing Brad Baker: do duelo com Márquez à recuperação de lesão na medula
Resultado de imagem para emoji racing Grandes Entrevistas: Luca Marini


Pouco mais de quatro meses após fraturar a clavícula direita, Dani Pedrosa está de volta. Nesta semana, o #26 retornou às pistas para pilotar a RC16 da KTM em um teste privado em Mugello.
 
No início do ano, Dani teve de ser operado após uma dupla fratura por estresse na clavícula direita. Desde então, o espanhol vinha em fase de recuperação, mas usou a atividade na Itália para avaliar sua condição física e, depois, preparar um novo cronograma de testes. O #26 deve testar em junho.

Resultado de imagem para emoticon relógio Confira os horários do GP da França de MotoGP

Dani Pedrosa testou recuperação a bordo da RC16 em Mugello (Foto: KTM)
“Foi muito positivo e também bem empolgante ver Dani pilotando em Mugello e podendo fazer aquelas voltas”, disse Mike Leitner, chefe da KTM. “Isso significa que a recuperação do ombro dele correu bem e ele está quase pronto para começar o novo trabalho conosco”, seguiu.
 
“Nós todos podemos ver como a MotoGP está apertada em 2019 até aqui e o alto nível que tem agora, então ter a experiência de Dani e o conhecimento dele no time e para os técnicos na fábrica só vai nos ajudar ainda mais”, comentou.
 
Antes da fratura dupla, Pedrosa já tinha guiado a KTM em uma sessão de testes privados em dezembro passado.

O GP da França de MotoGP está marcado para o domingo, às 9h (de Brasília). O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO.
 

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube