Raúl Fernández vence GP da França de muitos tombos na Moto2. Gardner é segundo

Raúl Fernández largou na pole, controlou a corrida desde o início e venceu o GP da França com muita classe. Remy Gardner completou a dobradinha da Red Bull KTM Ajo e Marco Bezzecchi fechou o pódio em Le Mans

Quartararo só soube que faturou a pole no parque fechado (Vídeo: MotoGP)

Raúl Fernández voltou a mostrar muita força na Moto2 na França, mesmo em seu primeiro ano na classe intermediária do Mundial de Motovelocidade. Depois de conseguir a pole, o espanhol escapou dos muitos acidentes em Le Mans, dominou a corrida e venceu o GP com autoridade. Com o resultado, o piloto da Red Bull KTM Ajo coloca-se de vez na briga pelo título em 2021.

Remy Gardner terminou na segunda posição, completando a dobradinha da equipe, mas mantendo a liderança do resultado. Marco Bezzecchi fechou o pódio na terceira posição.

Em ótima prova de recuperação, Tony Arbolino largou em 19º e terminou em quarto, seguido por Bo Bendsneyder, Marcel Schrotter, Ai Ogura, Fabio Di Giannantonio, Simone Corsi e Jorge Navarro completando o top-10.

A festa de Raúl Fernández com a vitória em Le Mans (Foto: KTM)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

Vários favoritos foram vítimas das condições adversas no circuito francês. Nomes como Sam Lowes, Arón Canet e Joe Roberts caíram ao longo da prova e abandonaram a disputa pela vitória.

Passadas as cinco primeiras provas do ano, Gardner soma 89 pontos na liderança do Mundial, apenas um a mais que Raúl. Bezzecchi é o terceiro colocado, com 72, seguido por Lowes e Di Giannantonio.

Na disputa dos Construtores, a Kalex soma os 125 pontos de todas as vitórias do ano, seguida por Boscoscuro e MV Agusta. A Red Bull KTM Ajo lidera o Mundial de Equipes com 88 pontos de vantagem para a Marc VDS.

A Moto3 volta à ação no dia 30 de maio, com o GP da Itália, sexta etapa do calendário. Acompanhe a cobertura do GRANDE PRÊMIO sobre o Mundial de Motovelocidade.

Saiba como foi o GP da França de Moto2:

Diferente do que aconteceu com a Moto3, a Moto2 foi declarada uma corrida em pista seca em Le Mans. Ainda assim, o céu seguia bastante nublado e fazia frio. Antes da largada, a temperatura ambiente estava em 16°C, com o asfalto chegando a 24°C. A velocidade do vento era de 11 km/h.

Na hora da largada, Marco Bezzecchi saiu muito bem e tomou a ponta, à frente de Raúl Fernández e Joe Roberts. Arón Canet aparecia na quarta colocação.

A largada do GP da França de Moto2 (Vídeo: MotoGP)

Ainda nos primeiros metros da disputa, Canet foi ejetado da moto na curva 9, mas levantou de imediato, uma indicação de que não sofreu lesões graves.

Augusto Fernández apareceu em seguida para tomar o terceiro posto, mas caiu pouco depois, na curva 11. Roberts, então, recuperou a posição, à frente de Héctor Garzó e Bo Bendsneyder.

Stefano Manzi também não foi longe em Le Mans. O italiano caiu na curva 7 após um contato e encerrou mais cedo a disputa. Alonso López também abandonou após uma queda.

Arón Canet sofreu forte queda ainda na primeira volta (Vídeo: MotoGP)

Ainda na quarta volta, Sam Lowes caiu na curva 8, a Garage Vert, levando junto Xavi Vierge. Lorenzo Baldassarri tinha escapado da pista no mesmo ponto, mas evitou a queda.

Enquanto Bezzecchi tentava abrir vantagem, Raúl se viu sob ataque de Roberts. O espanhol chegou a perder a segunda posição, mas uma queda do norte-americano na curva 9, a primeira perna do ‘S’ Chemin Aux Boeufs, o recolocou em segundo. Logo depois, o piloto da Red Bull KTM Ajo passou Marco e assumiu a liderança.

Sam Lowes caiu e saiu da disputa pela vitória (Vídeo: MotoGP)

Uma vez na ponta, Fernández tratou de abrir vantagem, se afastando 0s7 de Bezzecchi em meados da volta 7. Bendsneyder era o terceiro, seguido por Remy Gardner e Tony Arbolino. Sexto, Héctor Garzó foi mais um a encorpar a lista de tombados.

Ainda no começo da corrida, Fabio Di Giannantonio foi sancionado com a punição da volta longa por um incidente com Garzó, o que o derrubou para 11º.

Após 11 voltas, Fernández liderava com 1s1 de margem para Bezzecchi, que, por sua vez, vinha 0s5 à frente de Bendsneyder. Gardner e Arbolino também vinham pertinho na briga.

Tony Arbolino fez a melhor volta da prova e passou a pressionar Remy Gardner (Vídeo: MotoGP)

A direção de prova, porém, julgou que Fabio falhou em cumprir a punição e, por isso, aplicou uma segunda volta longa, derrubando Di Giannantonio para a 14ª posição. O replay mostrou que o piloto cortou ligeiramente a entrada da zona de penalização, além de ter saído da pista em meados do trecho.

Enquanto isso, Beaubier tomou a sexta colocação de Marcel Schrötter, já 9s1 atrás de Arbolino. O norte-americano é multicampeão do MotoAmerica, o campeonato nacional dos Estados Unidos.

Com 11 voltas para o fim, foi Tom Lüthi quem abandonou após queda. O suíço não parece nem de longe o mesmo piloto que foi outrora.

Nas 16ª das 25 voltas previstas, Bezzecchi conseguiu baixar de 1s a vantagem de Fernández, mas o espanhol reagiu de imediato e se afastou mais um tiquinho. Atrás, Gardner passou Bendsneyder pelo terceiro lugar no pódio da França.

Na sequência, Arbolino também passou Bendsneyder, que caiu para a quinta colocação, já 14s1 à frente de Beaubier. Lorenzo Dalla Porta, Ai Ogura, Marcel Schrötter e Somkiat Chantra completavam o top-10.

Líder do Mundial, Gardner passou Bezzecchi pouco depois e se instalou em segundo, 1s8 atrás de Raúl.

Raúl Fernández venceu pela segunda vez na temporada da Moto2 (Vídeo: MotoGP)

Restando só cinco voltas para o fim, Beaubier caiu na curva 3 depois de perder a frente da moto. Desgovernada, a moto cortou a chicane e voltou para pista, mas ninguém foi atingido. Cameron logo correu, levantou a moto e a tirou do caminho, mas não teve como voltar.

Firme e forte na ponta, Raúl ia abrindo mais e mais vantagem, não dando a mínima chance para Gardner, que, com três voltas para o fim, tinha um atraso de 1s9. Assim, Raúl seguiu adiante para vencer pela segunda vez na classe do meio.

Moto2 2021, GP da França, Le Mans, Corrida:

1R FERNÁNDEZRed Bull KTM Ajo Kalex40:46.10123 voltas
2R GARDNERRed Bull KTM Ajo Kalex+1.490 
3M BEZZECCHIVR46 Kalex+4.599 
4T ARBOLINOIntact Kalex+7.503 
5B BENDSNEYDERRW NTS+11.887 
6M SCHROTTERIntact Kalex+27.829 
7A OGURATeam Tady Kalex+27.975 
8F DI GIANNANTONIOSpeed UP+28.112 
9S CORSIForward MV Agusta+28.204 
10J NAVARROSpeed UP+28.432 
11L DALLA PORTAItaltrans Kalex+28.749 
12S CHANTRATeam Tady Kalex+28.989 
13N BULEGAGresini Kalex+29.316 
14M RAMÍREZAmerican Kalex+31.605 
15A ARENASAspar Speed Up+32.080 
16H SYAHRINAspar Speed Up+32.571 
17B BALTUSRW NTS+33.309 
18L BALDASSARRIPONS Kalex+39.036 
19J DIXONSIC Kalex+41.068 
20C VIETTIVR46 Kalex+45.599 
21T MARCONForward MV Agusta+1:18.690
22C BEAUBIERAmerican KalexAbandonou 
23T LÜTHIIntact KalexAbandonou 
24H GARZÓPONS KalexAbandonou 
25J ROBERTSAmerican KalexAbandonou 
26X VIERGESIC KalexAbandonou 
27S LOWESMarc VDS KalexAbandonou 
28A LÓPEZSpeed UPAbandonou 
29S MANZIForward MV AgustaAbandonou 
30A FERNÁNDEZMarc VDS KalexAbandonou 
31A CANETAspar Speed UpAbandonou 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar