Recém-operado, Quartararo mostra otimismo e mira “voltar à ponta o mais cedo possível”

O piloto da Yamaha foi submetido a uma cirurgia no braço direito logo após o GP da Espanha para tratar a síndrome compartimental que afetou o desempenho em Jerez de la Frontera

Fabio Quartararo terminou a corrida em desespero (Vídeo: MotoGP)

Fabio Quartararo chega para o GP da França focado em voltar à ponta da MotoGP o mais cedo possível. O piloto da Yamaha, no entanto, ainda se recupera de uma cirurgia no braço direito.

No último dia 4, Fabio foi operado para tratar a síndrome compartimental. Também conhecida como arm pump, a síndrome é resultado do aumento da pressão em uma determinada área do corpo, com a queda na perfusão sanguínea de músculos e órgãos.

Fabio Quartararo precisou de cirurgia no braço direito (Foto: Reprodução/Twitter)

LEIA MAIS
⇝ Sorte sorri para Miller, que apazigua críticos e sai protagonista do GP do Espanha
⇝ Falta de segurança irrita pilotos e coloca futuro da MotoGP em Jerez em xeque
⇝ Red Bull Rookies Cup: a categoria de base de ouro do Mundial de Motovelocidade
⇝ Pol Espargaró escancara frustração após quatro GPs e se mostra perdido na Honda
⇝ Ducati consegue raro desempenho em Jerez e se permite sonhar com título em 2021
⇝ Lado a lado: as vitórias de Jack Miller na classe rainha do Mundial de Motovelocidade
⇝ Azar desprestigia Morbidelli em 2021. Mas Yamaha tem obrigação de corrigir futuro
⇝ KTM sofre com novos pneus e desmancha evolução obtida em 2020 após quatro etapas

Por causa da questão física, Quartararo viu cair por terra o sonho de vencer o GP da Espanha mais uma vez e ainda perdeu a liderança do Mundial para Francesco Bagnaia, que agora lidera com dois pontos de vantagem.

“Com certeza, foi uma pena a maneira como o GP da Espanha terminou, mas o positivo que podemos tirar daquilo é que fomos rápidos o bastante para brigar pelo pódio e pela vitória”, disse Quartararo.

Depois de uma operação bem sucedida, o companheiro de Maverick Viñales agora fica em recuperar a forma para ampliar as vitórias em 2021. Por enquanto, Fabio venceu os GPs de Doha e de Portugal.

“Fui operado da síndrome compartimental, e a cirurgia foi bem sucedida”, comentou. “Tenho treinado desde então e me sinto positivo para este fim de semana”, contou.

“É sempre positivo ir para Le Mans, pois é minha corrida de casa. Vou dar meu melhor para voltar à ponta o mais cedo possível”, completou.

A MotoGP volta à ação no dia 16 de maio, com o GP da França, quinta etapa do calendário. Acompanhe a cobertura do GRANDE PRÊMIO sobre o Mundial de Motovelocidade.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar