Restaurante em Le Mans pega fogo após primeiro treino livre da MotoGP

Um restaurante no paddock de Le Mans pegou fogo após o primeiro treino livre da MotoGP. Segundo informa a Sky Sports, não houve feridos

SUZUKI DETONA BOMBA NA MOTOGP COM ANUNCIO DE SAÍDA EM 2022

A MotoGP está no icônico circuito de Le Mans para o GP da França, sétima etapa do campeonato. Na manhã desta sexta-feira (13), foi realizado o primeiro treino livre da etapa — o qual Pol Espargaró liderou. Mas o que assuntou foi um incêndio em um dos restaurantes do paddock.

Segundo informa o portal britânico Sky Sports, o incidente aconteceu justamente após o fim do TL1. Houve um problema com um dos fogões e, depois de poucos minutos, as chamas já se alastravam numa parte do local.

O BRASIL EM DUAS RODAS
Dez pilotos brasileiros para acompanhar nas categorias do exterior

Incêndio no paddock de Le Mans (Foto: Reprodução/Sky Sports)

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Ainda de acordo com o veículo, não houve feridos e todas as pessoas conseguir sair a tempo. Os bombeiros também logo chegaram e conseguiram controlar o fogo. As imagens assustam, no entanto, pela grande fumaça.

O segundo treino livre da MotoGP na França acontece às 09h10 (de Brasília). O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do Mundial de Motovelocidade 2022.

LEIA TAMBÉM
Bagnaia enfim acorda e põe tempero que faltava à temporada 2022 da MotoGP
Aprilia perde direito a concessões na MotoGP com pódio de Aleix Espargaró em Jerez
Suzuki quebra silêncio e diz que “discute com Dorna possibilidade” de deixar MotoGP em 22
Leopard assume interesse em ocupar vaga da Suzuki na MotoGP: “Ficaríamos muito felizes”

BASTIANINI, MARTÍN OU MILLER: QUEM FICA COM A VAGA NA DUCATI NA MOTOGP EM 2023?

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar