Revés da Catalunha cobra caro, e Viñales vê Dovizioso cortar diferença para apenas sete pontos. Confira classificação

Maverick Viñales sentiu o impacto da performance ruim da Yamaha em Barcelona na classificação do Mundial. Líder desde a abertura da temporada, o #25 viu Andrea Dovizioso reduzir sua vantagem para apenas sete pontos. Marc Márquez tem o terceiro posto

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

O novo revés da Yamaha em território espanhol custou caro a Maverick Viñales. Sofrendo para encontrar aderência ao longo de todo o fim de semana, o #25 não conseguiu nada mais do que o décimo posto no GP da Catalunha deste domingo (11) e viu sua vantagem na liderança cair bastante.
 
Depois do GP da Itália, Viñales abriu 26 pontos de frente para Andrea Dovizioso na classificação, mas a segunda vitória consecutiva do italiano da Ducati aliada à performance ruim da Yamaha, fez essa margem cair para apenas sete pontos.
Maverick Viñales segue líder, mas agora com apenas sete pontos de vantagem (Foto: Xavi Bonilla/Grande Prêmio)
Marc Márquez, que saiu de Mugello 37 pontos atrás de Viñales, também deu um salto importante e agora aparece em terceiro na tabela, com 23 de atraso. Dani Pedrosa ocupa o quarto posto na classificação, com um total de 84 pontos.
 
Valentino Rossi perdeu uma posição na tabela de classificação e agora tem o quinto posto, mas reduziu seu atraso em relação ao companheiro de equipe de 30 para 28 pontos.
 
Com oito pontos a menos que o #46 em 2017, Johann Zarco aparece em sexto na tabela, à frente de Jorge Lorenzo, Jonas Folger e Cal Crutchlow. Danilo Petrucci completa um top-10 separado por 69 pontos.
 
          Poles Vitórias Pontos
1 25 MAVERICK VIÑALES ESP YAMAHA 3 3 111
2 4 ANDREA DOVIZIOSO ITA DUCATI 2 104
3 93 MARC MÁRQUEZ ESP HONDA 2 1 88
4 26 DANI PEDROSA ESP HONDA 2 1 84
5 46 VALENTINO ROSSI ITA YAMAHA 83
6 5 JOHANN ZARCO FRA TECH3 YAMAHA 75
7 99 JORGE LORENZO ESP DUCATI 59
8 94 JONAS FOLGER ALE TECH3 YAMAHA 51
9 35 CAL CRUTCHLOW ING LCR HONDA 45
10 9 DANILO PETRUCCI ITA DUCATI 42
11 19 ÁLVARO BAUTISTA ESP ASPAR DUCATI 34
12 45 SCOTT REDDING ING PRAMAC DUCATI 33
13 43 JACK MILLER AUS MARC VDS HONDA 30
14 76 LORIS BAZ ESP AVINTIA DUCATI 23
15 29 ANDREA IANNONE ITA SUZUKI 21
16 8 HECTOR BARBERÁ ESP AVINTIA DUCATI 21
17 53 TITO RABAT ESP MARC VDS HONDA 19
18 41 ALEIX ESPARGARÓ ESP APRILIA 17
19 17 KAREL ABRAHAM RTC ASPAR DUCATI 11
20 51 MICHELE PIRRO ITA DUCATI 7
21 42 ÁLEX RINS ESP SUZUKI 7
22 44 POL ESPARGARÓ ESP KTM 6
23 38 BRADLEY SMITH ING KTM 6
24 22 SAM LOWES ING APRILIA 2
25 50 SYLVAIN GUINTOLI FRA SUZUKI 1
26 12 TAKUYA TSUDA JAP SUZUKI

Mundial de Construtores

 
No Mundial de Construtores, a ordem das fábricas segue inalterada, mas Honda e Ducati tiveram um ganho importante em relação à Yamaha. A casa de Iwata foi a 139 pontos, 14 a mais que a rival de Hamamatsu, a segunda colocada. A marca de Borgo Panigale tem a terceira colocação, derrubando a diferença de 31 para 17 pontos.
    Poles Vitórias Pontos
1 YAMAHA 3 3 139
2 HONDA 4 2 125
3 DUCATI 2 122
4 SUZUKI 28
5 APRILIA 19
6 KTM 8

Mundial de Equipes

 
Assim como aconteceu com o Mundial de Construtores, a disputa entre os times também sentiu o revés da Yamaha. A marca dos três diapasões segue na liderança, mas viu a Honda reduzir o atraso de 44 pontos depois de Mugello para 22. Terceira, a Ducati tem 31 pontos a menos que a líder.
    Poles Vitórias Pontos
1 YAMAHA 3 3 194
2 HONDA 4 2 172
3 DUCATI 2 163
4 TECH3 126
5 PRAMAC 75
6 MARC VDS 49
7 LCR 45
8 ASPAR 45
9 AVINTIA 44
10 SUZUKI 29
11 APRILIA 19
12 KTM 12

Confira a classificação completa da disputa entre os pilotos no Mundial de Motovelocidade.

#GALERIA(7073)

A NOVA F1 SE APROXIMA MAIS DA INDY. E ÁUDIO EM MÔNACO É PROVA

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube