Rins ganha disputa ferrenha e começa trabalhos da Moto3 com melhor tempo no Circuito das Américas

Álex Rins precisou de uma volta mais do que voadora no fim da sessão para ver seu nome à frente na tabela de tempos da Moto3 em Austin. Éfren Vazquez, na miúda, acabou em segundo, batendo o líder do campeonato, Jack Miller

Jack Miller parecia não ter muita concorrência durante o treino que abriu as atividades do Mundial de Motovelocidade no belíssimo circuito de Austin nesta sexta-feira (11). Mas foi só o cronômetro chegar na fase final da regressiva para que os rivais mais próximos se aproximassem e o desbancassem da primeira colocação. Numa disputa que vinha nos milésimos, foi Álex Rins quem encaixou uma volta excepcional para não mais sair da ponta. 

O tempo de Rins foi o único abaixo da casa de 2min18s.

Confira como foi o primeiro treino da Moto3 em Austin

Naquele trabalho de reconhecimento de pista e limpeza, as coisas começaram com certa lentidão. Depois da primeira aparição da turma, foi Miller quem liderou mais da metade da sessão com um tempo que tinha uma cômoda folga para os demais, 2min19s031.

A sete minutos do fim, o Márquez mais novo da família colocou a Honda à frente da KTM do rival, batendo o tempo por quase meio segundo. Na sequência, Rins foi lá e tomou o primeiro tempo, com 2min18s420. Miller quis devolver e falhou por miseráveis 0s004.

Daí, Rins quis se impor e encerrou com quaisquer chances dos demais ao baixar para 2min17s964.

Éfren Vazquez chegou para a festa no fim da sessão. Primeiro, ficou ali quietinho em quarto, colado no tempo de Márquez. Na volta final, saltou para segundo, quase concomitante à queda que a única pilota da categoria, Ana Carrasco, sofreu. A espanhola saiu do acidente sem escoriações ou problemas.

Márquez ainda veio a perder o quarto lugar para Isaac Viñales. 

Ocupando posições intermediárias na grande parte do tempo, o brasileiro Eric Granado acelerou no fim para ocupar a 13ª posição com a KTM da LaGlisse.

Moto3, GP das Américas, Circuito das Américas, treino livre 1:

1 42 ALEX RINS ESP ESTRELLA GALICIA Honda 2:17.964  
2 7 ÉFREN VÁZQUEZ ESP RTG Honda 2:18.007 +0.043
3 8 JACK MILLER AUS AJO KTM 2:18.424 +0.460
4 25 ISAAC VIÑALES ESP LAGLISSE KTM 2:18.489 +0.525
5 12 ÁLEX MARQUEZ ESP ESTRELLA GALICIA Honda 2:18.572 +0.608
6 84 JAKUB KORNFEIL TCH LAGLISSE KTM 2:18.750 +0.786
7 5 ROMANO FENATI ITA VR46 KTM 2:18.794 +0.830
8 17 JOHN McPHEE ING RTG Honda 2:19.138 +1.174
9 23 NICCOLÒ ANTONELLI ITA GRESINI KTM 2:19.442 +1.478
10 52 DANNY KENT ING AJO Husqvarna 2:19.515 +1.551
11 41 BRAD BINDER SAF AMBROGIO Mahindra 2:19.867 +1.903
12 44 MIGUEL OLIVEIRA POR MAHINDRA 2:19.963 +1.999
13 57 ERIC GRANADO BRA LAGLISSE KTM 2:20.103 +2.139
14 10 ALEXIS MASBOU FRA ONGETTA Honda 2:20.316 +2.352
15 98 KAREL HANIKA TCH AJO KTM 2:20.373 +2.409
16 31 NIKLAS AJO FIN AJO Husqvarna 2:20.462 +2.498
17 33 ENEA BASTIANINI ITA GRESINI KTM 2:20.599 +2.635
18 65 PHILIPP OETTL ALE INTERWETTEN Kalex KTM 2:20.658 +2.694
19 63 ZULFAHMI KHAIRUDDIN MAL ONGETTA Honda 2:20.887 +2.923
20 55 ANDREA LOCATELLI ITA TEAM ITALIA Mahindra 2:21.018 +3.054
21 14 FRANCESCO BAGNAIA ITA VR46 KTM 2:21.091 +3.127
22 61 ARTHUR SISSIS AUS MAHINDRA 2:21.268 +3.304
23 43 LUCA GRÜNWALD ALE KIEFER Kalex KTM 2:21.315 +3.351
24 19 ALESSANDRO TONUCCI ITA CIP  Mahindra 2:21.541 +3.577
25 3 MATTEO FERRARI ITA TEAM ITALIA Mahindra 2:21.666 +3.702
26 9 SCOTT DEROUE ALE RW Kalex KTM 2:21.859 +3.895
27 38 HAFIQ AZMI MAL SIC-AJO KTM 2:22.249 +4.285
28 11 LIVIO LOI BEL MARC VDS Kalex KTM 2:22.294 +4.330
29 51 BRYAN SCHOUTEN ALE CIP Mahindra 2:22.642 +4.678
30 58 JUANFRAN GUEVARA ESP ASPAR Kalex KTM 2:22.790 +4.826
31 95 JULES DANILO FRA AMBROGIO Mahindra 2:23.845 +5.881
32 4 GABRIEL RAMOS VEN KIEFER Kalex KTM 2:25.513 +7.549
33 20 ANA CARRASCO ESP RW Kalex KTM 2:27.181 +9.217
             
RECORDE LUIS SALOM ESP PONS Kalex KTM 2:16.345 145,5 km/h
MELHOR VOLTA LUIS SALOM ESP PONS Kalex KTM 2:16.345 145,5 km/h

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube