Rins triunfa em Indy e vira quarto mais jovem vencedor da Moto2. Ítalo-brasileiro Morbidelli vai ao pódio pela primeira vez

Uma prova bastante movimentada em Indianápolis. Neste domingo (9) aconteceu a corrida no tradicional circuito americano, e após cair no pelotão e recuperar posições, Álex Rins garantiu sua primeira vitória na Moto2

A cobertura completa do GP de Indianápolis no GRANDE PRÊMIO

A chuva deu as caras em Indianápolis e embaralhou tudo na corrida da Moto2 deste domingo (9). Aos 19 anos, Álex Rins garante sua primeira vitória na categoria em uma prova bastante agitada.

Na segunda colocação aparece o atual líder da temporada, Johann Zarco, que garantiu seu nono pódio consecutivo. Completando o top-3 vem o ítalo-brasileiro Franco Morbidelli, que conquistou seu primeiro pódio na categoria.
Álex Rins conquistou sua primeira vitória na Moto2 (Foto: Pons)
A classificação do Mundial de Moto2 após o GP de Indianápolis

Após chegar a ficar na ponta por parte da prova, Dominique Aegerter errou no final e terminou a corrida na quarta posição. Em quinto veio Tito Rabat.
 

Tom Lüthi cruzou a linha e chegada na sexta posição, com Axel Pons em sétimo. O oitavo posto ficou com Xavier Siméon, com Takaaki Nakagami em nono. Álex Márquez completa a lista dos dez primeiros.

Com o resultado, Zarco chegou aos 199 pontos e agora tem 71 de vantagem para Álex Rins, que assumiu o segundo posto. Rabat vem e terceiro, com Lüthi e Lowes fechando o rol dos cinco primeiros.
 

Confira como foi o GP de Indianápolis da Moto2:
 
O clima em Indianápolis começou não muito animador. Com o sol escondido entre as nuvens, não demorou muito para que a chuva chegasse no circuito americano ainda no início da tarde, que tinha a temperatura de 25ºC, com o asfalto atingindo a marca de 27ºC. A velocidade dos ventos estava em 2 km/h.
 
Para a corrida deste final de semana, a Dunlop, única fornecedora de pneus da categoria, selecionou os compostos dianteiros médio 2 e duro 123, e os traseiros duro 3 e duro 4. Apesar de a prova ter sido declarada em pista molhada, todos os pilotos largaram de slicks.
Pela segunda vez na temporada, Álex Rins largava da posição de honra do grid. Tito Rabat começou a prova na segunda colocação, sua oitava primeira fila no ano, enquanto Mika Kallio era o terceiro da grelha.
 
Pouco antes dos pilotos saírem para a volta de aquecimento, a chuva chegou a dar uma trégua no traçado norte-americano, o que prometia embaralhar mais as coisas durante a corrida.
 
Assim que as luzes apagaram, Álex Rins chegou a largar bem, mas pouco depois logo foi superado por Hafizh Syahrin, que assumiu a ponta do pelotão, seguido por Julián Simón.
Franco Morbidelli conquistou seu primeiro pódio (Foto: Italtrans)
Não demorou muito para Sam Lowes também superar o pole-position, que vinha tentando recuperar as colocações que perdeu, sem muito sucesso.
 
Quem não conseguiu mostrar grande desempenho na largada foi Mika Kallio, que saiu em segundo. Escorregando no início da prova, acabou caindo para a 13ª colocação. O mesmo aconteceu com Tito Rabat, que se se encontrou em 10º.
 
O top-5 após duas voltas estava com Sam Lowes, seguido por Dominique Aegerter, Syahrin, Johann Zarco, o atual líder da temporada e que largou em oitavo, e Simón.
 
Porém, o piloto da moto #60, quando estava entrando na reta oposta, acabou cometendo um erro e escorregando, caindo de sua moto. Ele logo tentou se recuperar, mas abandonou.
 
Então, o atual líder da temporada, Zarco, em grande ultrapassagem em cima de Syahrin, assumiu a liderança da prova.
 
Mais para trás do pelotão, o ítalo-brasileiro Franco Morbidelli, que é filho de uma brasileira, que na largada chegou a perder duas posições e ficou em 12º, no sexto giro já era o oitavo.
 
Aegerter e Syahrin protagonizaram uma intensa batalha pela vice-liderança. O piloto da moto #77 começou a atacar o titular da Raceline, que vinha tentando segurar as investidas. Mas num bote na curva 1 Aegerter conseguiu ultrapassar Hafizh, que tentou retomar a colocação, mas acabou recolhendo.
 
O segundo colocado não parou por aí. Ele começou a perseguição em cima de Zarco para o primeiro posto da corrida. Eles chegaram a dividir a curva e se tocarem, mas o titular da Ajo não deu abertura, se mantendo na ponta. Em nova tentativa, entretanto, ele finalmente ultrapassou o líder da temporada.
 
E acabou sobrando para o Kallio. Lowes veio para assumir sua colocação, enquanto o piloto abria na curva 2. Quando ele voltou por dentro, viu o adversário, perdeu a moto e caiu, abandonando prematuramente.
Johann Zarco segue com vantagem na liderança do Mundial (Foto: Ajo)
Rins voltou a aparecer. Após cair para o meio do pelotão, ele logo foi recuperando as posições, até chegar na curva 1 e retomar a liderança da corrida. Os primeiros oito colocados são separados apenas por 2s.
 
Com 10 voltas para o fim, Rins e Aegerter tinham apenas 0s118 de diferença. Atrás da dupla aparecia Zarco, seguido por Rabat e Morbidelli, que recuperou cinco posições do grid.
 
O piloto que largou da pole-position, porém, não conseguiu manter isso por muito tempo. Dois giros mais tarde, ele havia sido superado por Aegerter e Zarco, sendo perseguido ainda por Rabat, que facilmente o ultrapassou.
 
Johann, mais uma vez, consegue tomar a ponta do pelotão. 
 
Na última curva, Lowes acabou perdendo a frente de sua moto e escapando para fora do traçado, terminando com suas chances de pódio.
 
Ótima corrida de recuperação para Franco Morbidelli. Classificação ruim e largada desfavorável, ele logo foi escalando o pelotão e, com três voltas para o fim, fez a ultrapassagem em cima de Aegerter para garantir seu pódio.
 
Na abertura da última volta, Rins já podia sentir o cheiro da sua primeira vitória na Moto2. Ele vinha com uma vantagem de 0s5 em cima de Zarco, enquanto, mais para trás, Morbidelli garante seu primeiro pódio.

Moto2, GP de Indianápolis, Final:

 
1
40
ÁLEX RINS
ESP
PONS Kalex
41:18.866
25 voltas
2
5
JOHANN ZARCO
FRA
AJO Kalex
+0.482
 
3
21
FRANCO MORBIDELLI
ITA
ITALTRANS Kalex
+0.888
 
4
77
DOMINIQUE AEGERTER
SUI
INTERWETTEN Kalex
+1.719
 
5
1
ESTEVE RABAT
ESP
MARC VDS Kalex
+2.963
 
6
12
THOMAS LÜTHI
SUI
INTERWETTEN Kalex
+3.478
 
7
49
AXEL PONS
ESP
ARGIÑANO & GINÉS Kalex
+5.064
 
8
19
XAVIER SIMÉON
BEL
GRESINI Kalex
+7.562
 
9
30
TAKAAKI NAKAGAMI
JAP
TEAM TADY Kalex
+9.316
 
10
73
ÁLEX MÁRQUEZ
ESP
MARC VDS Kalex
+9.801
 
11
25
AZLAN SHAH
MAS
TEAM TADY Kalex
+9.899
 
12
94
JONAS FOLGER
ALE
ARGIÑANO & GINÉS Kalex
+10.108
 
13
95
ANTHONY WEST
AUS
QMMF Speed Up
+17.106
 
14
23
MARCEL SCHROTTER
ALE
TECH3 Mistral 610
+25.187
 
15
70
ROBIN MULHAUSER
SUI
INTERWETTEN Kalex
+32.587
 
16
39
LUIS SALOM
ESP
PONS Kalex
+37.611
 
17
2
JESKO RAFFIN
SUI
SAG Kalex
+38.889
 
18
10
THITIPONG WAROKORN
TAI
SAG Kalex
+49.094
 
19
66
FLORIAN ALT
ALE
IODA Suter
+59.167
 
 
55
HAFIZH SYAHRIN
MAS
RACELINE Kalex
+1 volta
 
 
22
SAM LOWES
ING
SPEED UP
NC
 
 
97
XAVIER VIERGE
ESP
TECH3 Mistral 610
NC
 
 
4
RANDY KRUMMENACHER
SUI
JIR KALEX
NC
 
 
96
LOUIS ROSSI
FRA
TASCA Tech3
NC
 
 
15
RATTHAPARK WILAIROT
MAL
JPMOTO MALAYSIA Suter
NC
 
 
36
MIKA KALLIO
FIN
ITALTRANS Kalex
NC
 
 
11
SANDRO CORTESE
ALE
INTACT Kalex
NC
 
 
60
JULIÁN SIMÓN
ESP
QMMF Speed Up
NC
 
 
 
 
 
 
 
 
POLE
ÁLEX RINS
ESP
PONS Kalex
1:36.549
155.4 km/h
VOLTA MAIS RÁPIDA
FRANCO MORBIDELLI
ITA
ITALTRANS Kalex
1:37.498
153.9 km/h
RECORDE
MIKA KALLIO
FIN
MARC VDS Kalex
1:37.275
154.3 km/h
MELHOR VOLTA
ÁLEX RINS
ESP
PONS Kalex
1:36.549
155.4 km/h
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Condições do tempo
 
PISTA MOLHADA
 
ar: 27ºC | pista: 32ºC
 

#GALERIA(5412)

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube