Rins vê lado positivo de badalação em torno da performance de Mir: “Me motiva”

O espanhol comemorou os pódios conseguidos pelo conterrâneo e reconheceu que ainda falta um pouco para conseguir acompanhar o colega de Suzuki

Álex Rins vê nos elogios a Joan Mir uma boa motivação para melhorar seu desempenho. O piloto exaltou os bons resultados conquistados pelo companheiro e destacou que ainda falta um pouco para conseguir alcançá-lo.

Mir chegou à MotoGP em 2019 e teve estreia bastante discreta. Ao longo de todo o campeonato, conseguiu apenas um top-5, fechando a classificação em nono. Em compensação, o colega de time terminou em quarto com três pódios, sendo duas vitórias.

Entretanto, em 2020, a situação se inverteu. O jovem de 23 anos já figurou três vezes dentro do top-3, um dos únicos que apareceu tantas vezes nos degraus do pódio – Maverick Viñales tem o mesmo número. Já Rins, que sofreu lesão ainda na primeira etapa do ano, tem uma quarta colocação como melhor resultado.

Álex Rins, MotoGP 2020, GP da Emilia-Romanha, Classificação
Álex Rins exaltou os pódios de Joan Mir (Foto: Suzuki)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

“Isso me motiva, sinceramente, me motiva que falem tanto dele e de como está indo bem. Sinceramente, tem feito algumas corridas com ótimos resultados, dando pódios muito bons para a Suzuki, e isso me motiva a ir adiante. É verdade que, pessoalmente, tem me faltado um pouco, um empurrão no fim das corridas, mas ele estar na frente me motiva muito”, disse.

Neste final de semana, o Mundial de Motovelocidade disputa o GP da Catalunha. Sobre a corrida, Álex apontou que “estou muito feliz em estar em Montmleó, sempre gostei e aproveitei aqui. Espero que o clima ajude, choveu muito na corrida do Mundial de Superbike, veremos como vai estar o tempo. Tenho muita vontade de levar a Suzuki ao mais alto do pódio”, encerrou.

A temporada 2020 da classe rainha está bastante equilibrada. De sete etapas, seis pilotos diferentes venceram, com 12 no pódio. Andrea Dovizioso, líder, soma 84 pontos, apenas 27 de frente para Pol Espargaró, o décimo. O italiano, inclusive, se mostrou surpreso por liderar a tabela, destacando que não vê apenas um piloto como o favorito.

GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do GP da Catalunha, nona etapa do Mundial de Motovelocidade 2020.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube