MotoGP

Rossi afirma que “seria interessante ver” ida de Lorenzo para Pramac

Valentino Rossi comentou os rumores de um possível retorno de Jorge Lorenzo para a Ducati, mas agora com as cores da Pramac. O italiano indicou que tudo pode não passar de boatos, mas reconheceu que seria interessante ver o que o espanhol faria no time

Grande Prêmio / Redação GP, de São Paulo
Valentino Rossi aproveitou para falar sobre o assunto do momento da MotoGP. Durante a coletiva de imprensa no Red Bull Ring, o piloto viu com bons olhos uma possível mudança de Jorge Lorenzo para a Pramac.
 
Nesta semana, começaram a circular informações de que o espanhol já está mirando um retorno para a Ducati. Entretanto, sem espaço na equipe de fábrica, iria para o time satélite da marca italiana e encerraria seu contrato com a Honda.
 
Jack Miller, um dos principais interessado nos rumores, admitiu na Áustria que vê um fundo de verdade nas notícias. Apesar de ter conseguido dois pódios em 2019 e estar em sétimo na classificação, ainda não assinou a renovação com a escuderia.
 
Então, ao comentar sobre uma possível mudança do ex-companheiro, o #46 reconheceu que pode apenas ser boas, mas que seria interessante de ver. “Por um lado, quando ouço esse tipo de notícia me faz pensar que há um mês todos diziam que eu ia me aposentar no final do ano, então pode ser uma bobeira dessas”, apontou.
Jorge Lorenzo (Foto: Repsol)
“Mas, por outro lado, falando esportivamente, poderia ter sentido porque Lorenzo, no ano passado, começou muito forte com a Ducati, enquanto com a Honda este ano está sofrendo. Então por que não?”, seguiu.
 
“No final foi ruim para a Ducati que Lorenzo saiu, pois quando começou a ir rápido, era muito tarde, então pode ser. Entendo que Miller esteja preocupado, também que esteja [Andrea] Dovizioso, mas por que [Marc] Márquez? Seria interessante ver o que acontece”, encerrou.
 
Lorenzo não tem passado pela fase mais fácil de sua carreira. Após uma passagem de sucesso na Yamaha, chegou na Ducati em 2017, mas custou para se adaptar com a Desmosedici. Em um relacionamento bastante tumultuado, especialmente com Dovi, o espanhol decidiu formar o ‘dream team’ na Honda.
 
Entretanto, a chegada na equipe da asa dourada está também um tanto quanto difícil. Sem conseguir pegar a mão da RC213V, ainda está com a adaptação atrasada já que se recupera de duas vértebras fraturadas em Assen.
 

Paddockast #28
INTERROGANDO Flavio Gomes: O Boto do Reno


Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.