MotoGP

Rossi bate dupla da Honda e coloca Yamaha na ponta no primeiro treino da MotoGP no Catar

Valentino Rossi apertou o ritmo nos instantes finais e colocou a Yamaha no topo da tabela de tempos no primeiro treino livre para o GP do Catar, 0s079 mais lento, Jorge Lorenzo ficou em segundo, seguido por Marc Márquez
Grande Prêmio / JULIANA TESSER, de São Paulo
GUIA 2019
🏁 MotoGP abre 2019 imprevisível e com promessa de alta competitividade
🏁 Por equilíbrio, MotoGP introduz mudanças aerodinâmica e eletrônica
🏁 Yamaha mostra evolução. Mas a dúvida permanece: é o suficiente?
🏁 Ducati sai da pré-temporada forte e vê chance de recuperar título
🏁 Honda carrega mistério: Márquez e Lorenzo vão se aguentar sem brigas?
🏁 Após anos de 'chove e não molha', Suzuki vê chance de dar próximo passo
🏁 KTM tem Pedrosa como trunfo e chance de acelerar evolução da RC16
🏁 Aprilia mira evolução e busca recuperação após 2018 decepcionante
🏁 Moto2 tem motor Triumph, mudança na classificação e classe talentosa
🏁 Moto3 traz nova classificação, volta de Fenati, time de Biaggi e promessa Öncü
🏁 Até com Gibernau, Mundial estreia Copa do Mundo de MotoE em 2019

Valentino Rossi abriu a temporada 2019 da MotoGP em alta. Aos 40 anos, o #46 subiu o ritmo nos minutos finais do primeiro treino livre e, com um par de pneus médios, desbancou a dupla da Honda para colocar a YZR-M1 na ponta da folha de tempos.
 
Com a melhor de suas 18 voltas em 1min55s048, Rossi assegurou a ponta com 0s079 de margem para Jorge Lorenzo, o segundo colocado, mais 0s037 atrás, Marc Márquez ficou com o terceiro posto.
Valentino Rossi liderou o TL1 (Foto: Reprodução)
0s169 atrás do italiano de Tavullia, Andrea Dovizioso foi a melhor Ducati e ficou com o quarto tempo, à frente de Danilo Petrucci. Maverick Viñales completa o top-6.
 
Estreando com a YZR-M1 da SIC, Franco Morbidelli ficou com o sétimo tempo, apenas 0s276 atrás de Rossi. Jack Miller vem em seguida, escoltado por Álex Rins e Takaaki Nakagami.
 


Saiba como foi o primeiro treino da MotoGP em Losail: 
 
Depois de longas férias, a MotoGP recomeçou oficialmente nesta sexta-feira, com a primeira sessão de treinos para o GP do Catar. Quando a pista foi liberada para os 45 minutos de atividade, os termômetros marcavam 28°C, com o asfalto chegando a 37°C. A velocidade do vento era de 13 km/h. 
 
Com 1min57s648, Cal Crutchlow foi o primeiro a aparecer no topo da tabela, mas logo foi substituído por Márquez e seu 1min55s667. Rins era segundo, seguido por Lorenzo, Morbidelli e Petrucci.
 
Ainda nos primeiros minutos da atividade, Hafizh Syahrin sofreu uma queda na curva 16 de Losail. O piloto da Tech3, porém, não se feriu com gravidade.
 

Márquez baixou para 1min55s164 para se manter no topo da tabela, 0s451 melhor que Petrucci, o novo segundo colocado. Lorenzo vinha me terceiro, seguido por Morbidelli, Viñales, Mir, Nakagami, Bagnaia, Dovizioso e Rins. Rossi era 12º.

Depois de uma passagem pelos boxes, Rossi voltou para pista e avançou para o sexto posto, 0s591 mais lento que o líder e só 0s017 mais lento que Viñales, o quinto. Na sequência, Dovizioso passou o #46 por só 0s004.
 
Com pouco mais de 15 minutos para fim, Petrucci e Márquez vinham melhorando mais e mais suas parciais, mas acabaram sem conseguir melhorar o tempo que os mantinha no top-2 separados por 0s103.

Após uma nova passagem pelos pits, Rossi cravou 1min55s684 e subiu para quinto, 0s520 atrás de Márquez, que seguia sem melhorar o tempo de sua sexta volta.  O #46 chegou a abrir outro bom giro, mas voltou aos boxes.
 
Na sequência, Morbidelli saltou para o terceiro posto ao anotar 1min55s324m 0s160 mais lento que o líder. Mais atrás, Miller tinha avançado para sétimo.
 
Lorenzo, então, chegou a 1min55s127 e assumiu a ponta, superando Márquez por 0s037. Rossi também melhorou e se colocou atrás das Honda, 0s135 atrás do ex-companheiro de Yamaha.
 
Na sequência, Dovizioso subiu para terceiro, 0s090 mais lento que o #99. Em volta, Valentino alcançou 1min55s048 e saltou para o comando, afastando Lorenzo por 0s079. Restava tempo apenas para uma volta final.

Já com o cronômetro travado, ninguém conseguiu superar a marca de Rossi, que ficou com a liderança do TL1.
 


MotoGP 2019, GP do Catar, Losail, treino livre 1:

1 V ROSSI Yamaha 1:55.048  
2 J LORENZO Honda 1:55.127 +0.079
3 M MÁRQUEZ Honda 1:55.164 +0.116
4 A DOVIZIOSO Ducati 1:55.217 +0.169
5 D PETRUCCI Ducati 1:55.267 +0.219
6 M VIÑALES Yamaha 1:55.312 +0.264
7 F MORBIDELLI SIC Yamaha 1:55.324 +0.276
8 J MILLER Pramac Ducati 1:55.396 +0.348
9 A RINS Suzuki 1:55.409 +0.361
10 T NAKAGAMI LCR Honda 1:55.496 +0.448
11 F QUARTARARO SIC Yamaha 1:55.509 +0.461
12 P ESPARGARÓ KTM 1:55.620 +0.572
13 A ESPARGARÓ Aprilia Gresini 1:55.778 +0.730
14 J MIR Suzuki 1:55.828 +0.780
15 A IANNONE Aprilia Gresini 1:55.828 +0.780
16 F BAGNAIA Pramac Ducati 1:55.835 +0.787
17 C CRUTCHLOW LCR Honda 1:55.869 +0.821
18 M OLIVEIRA Tech3 KTM 1:56.061 +1.013
19 J ZARCO KTM 1:56.206 +1.158
20 K ABRAHAM Avintia Ducati 1:56.249 +1.201
21 T RABAT Avintia Ducati 1:56.289 +1.241
22 H SYAHRIN Tech3 KTM 1:57.181 +2.133
23 B SMITH Aprilia Gresini 1:57.189 +2.141