Rossi celebra empolgação e vê fãs como “tesouro que mais ficará comigo”

Em entrevista ao programa ‘Domenica Sport’ da Radio 1 Rai, Valentino Rossi avaliou que o carinho dos fãs é um tesouro que o acompanhará. O #46 considerou que alguns de seus fãs deixarão de seguir a MotoGP após sua aposentadoria, mas apostou que a maioria continuará no esporte, já muitos jovens italianos tem potencial para ocupar seu espaço

Não importa qual seja o país visitado pela MotoGP, Valentino Rossi tem sempre uma enorme massa de seguidores. E o carinho dos fãs não passa batido pelo piloto da Yamaha.
 
Em entrevista ao programa ‘Domenica Sport’, da Radio 1 Rai, Rossi falou de seus fãs como um tesouro e avaliou que a maioria deles continuará acompanhando a MotoGP mesmo após sua aposentadoria.
Valentino Rossi (Foto: Red Bull Content Pool)
Paddockast #29
ONE HIT WONDERS DO ESPORTE A MOTOR

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

“A maioria dos meus fãs vai continuar assistindo as corridas, mas outros, não”, opinou. “Nós temos muitos pilotos italianos com potencial para se tornarem o próximo Valentino Rossi, e vou passar meus fãs para eles”, seguiu. 
 
“A melhor coisa é ver tantos fãs que se empolgam depois de tantos anos”, exaltou. “Esse é o tesouro que mais ficará comigo”, declarou.
 
Piloto mais velho do grid, Rossi afirmou que, mesmo que “seja velho” para o esporte, sente que ainda está em plena forma.
 
“Dizer 40 anos é estranho… Mas estou feliz, pois sou um quarentão com a mente e a alma em forma”, falou. “Quando você tem 20 ou 30, as pessoas de 40 anos parecem velhas para você. Mas eu me sinto bem aos 40, mesmo que eu seja velho para meu esporte”, comentou.
 
Há mais de 20 anos no Mundial de Motovelocidade, Valentino admitiu ter arrependimentos profissionais. Mas evitou detalhes.
 
“Felizmente, só tenho arrependimentos no esporte. É normal depois de uma carreira tão longa. Fora esses, não tenho nenhum”, garantiu.
 
Por fim, o multicampeão exaltou a namorada, Francesca Sofia Novello, e disse que planeja ter filhos, mas apenas quando conseguir uma vida mais calma.
 
“Eu gostaria de ter filhos, e acho que terei, mas ainda estou dando meu tempo, porque é difícil conciliar a minha vida com a de um pai”, ponderou. “Tenho de achar a mulher certa, mas talvez já tenha achado, pois tenho uma namorada fantástica”, elogiou.
 
“Eu gostaria que meus filhos fossem como a minha mãe, com a personalidade dela e olhos azuis”, concluiu.
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar