Rossi cita tempo longe da moto e torce por teste antes do 1º GP. Rins discorda

Longe das motos desde fevereiro, no teste da pré-temporada no Catar, Valentino Rossi e Álex Rins divergiram a respeito necessidade de uma atividade prévia ao GP da Espanha, que está cotado para abrir a temporada 2020 no dia 19 de julho

Valentino Rossi acredita que os pilotos da MotoGP vão precisar de um teste extra antes do início das atividades para a pré-temporada. Álex Rins, por outro lado, prefere ir de cara para o primeiro treino livre. 
 
Por conta da pandemia do novo coronavírus, os pilotos estão longe de seus protótipos desde fevereiro, quando fizeram a segunda bateria da pré-temporada no Catar. Por enquanto, a Dorna trabalha com a meta de abrir o campeonato em 19 de julho com o GP da Espanha e, na semana seguinte, realizar o GP de Andaluzia, ambos em Jerez de la Frontera.
Álex Rins ressaltou a dificuldade física do primeiro contato com a moto depois de um longo afastamento (Foto: Suzuki)
Paddockast #62
QUAL O LUGAR DE VETTEL NA HISTÓRIA DA F1?

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

 
“Isso será uma coisa muito nova, porque nunca aconteceu de ficarmos longe das nossas motos de MotoGP por tanto tempo”, disse Rossi. “Mas, normalmente, quando você começa desde o primeiro teste, você está sempre preocupado ― eu, pelo menos ― de não poder ser tão rápido quanto no ano anterior”, continuou.
 
“Mas, no fim, não é como se você conseguisse a sensação assim que sobe na moto. Vai ser difícil fisicamente, porque precisamos treinar muito, tentar estarmos prontos”, alertou. “Espero que antes da corrida nós possamos fazer mais um teste na pista, uns dois dias, porque já faz muito tempo que estamos fora da moto. Então talvez não estejamos prontos para o TL1 logo de cara”, concluiu.
 
Rins, por outro lado, entende que é melhor partir direto para os treinos oficiais, mesmo que espere dificuldades físicas no primeiro contato com a GSX-RR.
 
“Com certeza, é muito tempo sem correr. A última vez que pilotamos foi no teste do Catar, que foi no fim de fevereiro. É duro”, falou Rins à publicação britânica ‘Autosport’. “Com certeza, vai ser difícil na primeira vez que subirmos na moto, pois, por exemplo, a Malásia é o primeiro teste depois das férias. Todos os pilotos estão destruídos depois do primeiro ou segundo dia, com muitos problemas com a condição física do pescoço”, seguiu.
 
“Isso é normal depois de tanto tempo fora. Mas, para mim, eu prefiro ir diretamente para a corrida, pois é menos tempo que perdemos”, ponderou. 
 

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube