Rossi ironiza criticas a asfalto de Brno: “Os buracos estão no mesmo lugar desde 96”

Valentino Rossi criticou a atual situação do asfalto de Brno após os primeiros treinos livres realizados. O italiano indicou que a cobertura do traçado, que não passa por recapeamento desde 2006, está cheia de buracos

Valentino Rossi aproveitou a passagem pela Tchéquia para criticar o asfalto do circuito de Brno. Após os primeiros treinos realizados na pista, o italiano falou sobre a decaída das condições da cobertura e apontou os buracos como um problema.
 
A sexta-feira foi marcada pelas primeiras atividades da MotoGP após as férias de verão. Durante o segundo ensaio do dia, a moto do titular da Yamaha apresentou um problema ainda desconhecido.
 
“No treino tive um problema em um motor infelizmente, na moto um, era um propulsor antigo com bastante quilometragem. Acho que quebrou alguma coisa, mas não sei exatamente o que foi”, explicou.
Valentino Rossi (Foto: Yamaha)

Entretanto, algo que o piloto deu atenção foi o asfalto de Brno, que não passa por um processo de recapeamento desde 2006. “Os buracos de Brno são famosos, e estão no mesmo lugar desde 1996. Tem até nome”, brincou.
 

“O asfalto vem piorando a cada ano. O grande problema é a queda do pneu traseiro, e no domingo tem que tratar de ir rápido sem sobrecarregar a borracha de trás”, completou.
 
Quem também chegou a falar da situação da superfície do circuito tcheca foi Fabio Quartararo. “Há muitos buracos, não no circuito todo. Tive que ser muito preciso em minha volta rápida para não cometer nenhum erro. No final se acostuma com os buracos, e são os mesmos para todos”, apontou.
 
Paddockast #27
Schumacher e Vettel: UNIDOS POR UM RECORDE

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube