MotoGP

Rossi põe Senna como “um dos mais icônicos pilotos”. Márquez fala em “tipo de esportista que gostaria de ser”

Um dia após o aniversário de 25 anos da morte de Ayrton Senna, Valentino Rossi falou sobre suas memórias daquele 1 de maio de 1994 e colocou o então piloto da Williams como “um dos mais icônicos” da história. Marc Márquez avaliou que o tricampeão da Fórmula 1 era o tipo de esportista que ele gostaria de ser

Grande Prêmio / JULIANA TESSER, de São Paulo
Um dia após o aniversário de 25 anos da morte de Ayrton Senna, Andrea Dovizioso, Valentino Rossi e Marc Márquez falaram sobre o legado do tricampeão da Fórmula 1. O titular da Yamaha considerou o brasileiro “um dos mais icônicos pilotos da história”, enquanto que o #93 falou no tipo de esportista que gostaria de ser.
 
Durante uma coletiva de imprensa realizada nesta quinta-feira (2) em Jerez, os pilotos foram questionados sobre o legado de Senna e falaram de suas memórias.
Valentino Rossi classificou Ayrton Senna como um piloto "icônico" (Foto: Divulgação/MotoGP)
“Ele era um piloto especial. Todo mundo conhecia ele pela forma como pilotava, mas também pela forma que vivia”, disse Dovizioso. “Eu era muito novo, foi um dia muito ruim, eu me lembro, mas, infelizmente, isso é uma parte do esporte. Naquela época, infelizmente, os carros eram mais perigosos do que agora. Com aquele acidente, não dava para fazer nada”, comentou. 
 
“Felizmente, depois disso, as regras mudaram no automobilismo e a segurança melhorou muito. Infelizmente, este é o nosso mundo, mas ele era incrível acho que para todo mundo”, frisou.
 
Multicampeão da MotoGP, Rossi contou que se lembra bem dia da morte de Senna, mas que sua primeira reação foi achar que aquilo não era real. 
 
“Acho que Senna é um dos mais icônicos pilotos ou atletas do esporte a motor da história por muitas razões diferentes, especialmente pelo seu carisma e talento”, exaltou. “Ele é uma inspiração para todos. Eu me lembro muito bem daquele dia, pois, infelizmente, eu já era nascido há muito tempo”, brincou. 
 
“Estava em Vallelunga e foi uma coisa que você pensa que não é verdade, porque o fim de semana todo tinha sido difícil. [Roland] Ratzenberger morreu no sábado e [Rubens] Barrichello também tinha tido um acidente grande na sexta. Então parece que eles chegaram em um ponto onde a Fórmula 1 era muito perigosa. Senna disse isso muitas vezes durante  fim de semana, parece que não queria correr, mas, no fim, correu e, quando a batida aconteceu e ele permaneceu no carro, da TV parecia que não era real”, relatou. “Mas, infelizmente, era e acho que foi um dia muito triste para o esporte a motor, porque perdemos um dos melhores da história. Infelizmente, foi assim. Como Andrea disse, eles mudaram para o futuro, mas, infelizmente, um pouco tarde demais”, lamentou.
 
Último a falar, Márquez avaliou que Senna era o tipo de esportista que ele próprio gostaria de ser.
 
“Eu conheço toda a história dele, sei a forma como ele guiava e o acidente, mas, claro, não acompanhei aquele fim de semana como Valentino”, comentou. “Mas ele era um daqueles pilotos de que eu gostava, porque ele dava tudo na pista e, às vezes neste esporte, não importa quantos campeonatos você vai conquistar, esse é o caminho de pilotar, dar tudo na pista, a paixão. Ele era o tipo de esportista que eu gostava e que gostaria de ser”, concluiu.
 
O GP da Espanha de MotoGP está marcado para o domingo, às 9h (de Brasília). O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO.
 
Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.