Rossi vai a Austin em busca de confirmação e admite ansiedade: “Um bom resultado significaria muito”

Às vésperas do GP das Américas, Valentino Rossi admitiu que espera uma confirmação da boa performance mostrada no Catar há três semanas. "Conseguir um bom resultado em Austin significaria muito para mim", disse

Depois da incrível batalha contra Marc Márquez na corrida do Catar, que abriu a temporada o Mundial em março, Valentino Rossi se mostrou ansioso para o GP das Américas, que acontece neste final de semana, em Austin, e disse que possui apenas uma grande preocupação: confirmar se a performance em Losail não foi apenas obra do acaso.

O multicampeão, que passou pelo Brasil nesta semana, mostrou uma melhora significativa em seu desempenho na comparação com o ano passado. Porém, a dúvida persiste porque, em 2013, Valentino também iniciou muito bem o ano na corrida noturna, mas não conseguiu repetir a performance nas provas seguintes. E fechou o campeonato com a apenas uma vitória, em Assen, contra oito do companheiro de Yamaha, Jorge Lorenzo.

Valentino Rossi joga bola com Cafu nesta terça em São Paulo (Foto: Yamaha)

"A temporada começou muito bem para nós, mas agora precisamos de uma confirmação", falou. "No ano passado, eu fiz uma das piores corridas do ano no Texas e agora quero ver se podemos ser competitivos em todas as áreas", completou o piloto, que terminou a etapa norte-americana somente em sexto.

"Conseguir um bom resultado em Austin significaria muito para mim e para a Yamaha", disse Rossi, que fez uma aposta arriscada para 2014 ao trocar seu chefe de equipe de longa data, Jerry Burgess, por Silvano Galbusera. "

Isso significaria que a direção que tomamos foi a correta. Vamos tentar fazer o melhor em Austin e só espero me diverti tanto quanto no Catar", acrescentou.

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube