MotoGP

Rossi vê Quartararo com chance importante na MotoGP e brinca: “Lamento muito que ele possa ser meu filho”

Com 40 anos recém-completos, Valentino Rossi esteve nesta quinta-feira (7) sentado lado a lado com Fabio Quartararo, o piloto mais jovem do grid da MotoGP. O #46 reconheceu que poderia ser pai do piloto da SIC e considerou que o francês vive um momento chave da carreira

Grande Prêmio / JULIANA TESSER, de São Paulo
GUIA 2019
🏁 MotoGP abre 2019 imprevisível e com promessa de alta competitividade
🏁 Por equilíbrio, MotoGP introduz mudanças aerodinâmica e eletrônica
🏁 Yamaha mostra evolução. Mas a dúvida permanece: é o suficiente?
🏁 Ducati sai da pré-temporada forte e vê chance de recuperar título
🏁 Honda carrega mistério: Márquez e Lorenzo vão se aguentar sem brigas?
🏁 Após anos de 'chove e não molha', Suzuki vê chance de dar próximo passo
🏁 KTM tem Pedrosa como trunfo e chance de acelerar evolução da RC16
🏁 Aprilia mira evolução e busca recuperação após 2018 decepcionante
🏁 Moto2 tem motor Triumph, mudança na classificação e classe talentosa
🏁 Moto3 traz nova classificação, volta de Fenati, time de Biaggi e promessa Öncü
🏁 Até com Gibernau, Mundial estreia Copa do Mundo de MotoE em 2019

Valentino Rossi e Fabio Quartararo são dois extremos da MotoGP. Aos 40 anos, o italiano é o piloto mais velho do grid, enquanto o estreante francês surge, aos 19 anos, como o mais novo.
 
Nesta quinta-feira (7), os dois estiveram sentados lado a lado em uma coletiva de imprensa prévia do GP do Catar, e o titular da Yamaha não conseguiu escapar dos questionamentos sobre sua idade.
Valentino Rossi é o piloto mais velho do grid da MotoGP (Foto: Yamaha)
❀ Tatiana Calderón – pilota de testes da Alfa Romeo e primeira mulher a correr na F2
❀ Bruna Tomaselli - do kart em Santa Catarina à seleção na W Series e no Road to Indy

Perguntado sobre como se sente diante do fato de correr contra um piloto com idade o bastante para ser seu filho, Rossi respondeu aos risos: “É, nós estávamos falando agora exatamente sobre isso. Eu disse que ele podia ser meu filho”.
 
“Ele é muito, muito, muito jovem. Ele é de 99, o que significa que ele é, também, dois anos mais novo que o meu irmão [Luca Marini] e já está na MotoGP”, comentou Valentino. “Ele tem uma carreira estranha. Ele chegou como um gênio, mas depois, por alguma razão, ele perdeu um pouco o rumo, mas que este ano, com este time e esta moto, ele tem uma chance muito importante de demonstrar a velocidade dele, então vai ser interessante. E eu lamento muito que ele possa ser meu filho”, brincou. 
 
“E ele também chegou à MotoGP um ano antes do que eu, porque, quando eu cheguei, eu já tinha 21, acho, então ele é mais jovem do que eu era”, completou.