Rossi vê Viñales como problema tão grande quanto Lorenzo e revela “momento bonito” em despedida na Yamaha

Valentino Rossi contou que Maverick Viñales não seria sua escolha para a Yamaha, já que esperava ter um companheiro de equipe que lhe desse menos trabalho. Multicampeão comentou que relação com Jorge Lorenzo foi arruinada no fim de 2015, mas teve um momento bonito na despedida em Valência

 

Valentino Rossi não é um homem de meias palavras. Sempre sincero, o italiano admitiu que Maverick Viñales não era sua opção para substituir Jorge Lorenzo na Yamaha.

 
Falando à emissora ‘Deejay’ durante sua participação no Monza Rally Show, Rossi reconheceu que preferia ter como companheiro alguém como Dani Pedrosa, já que um piloto jovem como o #25 lhe dará tanto trabalho quanto Lorenzo.
Valentino Rossi revelou "momento bonito" com Lorenzo em despedida na Yamaha (Foto: Yamaha)

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 3
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

“Se eu o escolhi? Não. Eu teria preferido alguém como Pedrosa, um pouco mais velho”, disse Rossi. “Eu esperava ter um problema um pouco menor ao invés de Maverick, que, no mínimo, será igual. Mas mais simpático”, previu.
 
Ainda, Rossi destacou que sua relação com Lorenzo acabou com a disputa do título de 2015, mas teve um “momento bonito” com a despedida em Valência. A dupla sempre teve uma convivência difícil, mas o clima tinha melhorado nessa segunda passagem de Valentino pela Yamaha. O jogo, entretanto, virou com a disputa do Mundial do ano passado.
 
“Com Jorge, nossa relação estava arruinada no fim de 2015, porque tivemos uma luta muito forte. Deste então, nossa relação acabou”, contou. “Mas, depois da última corrida, ele veio, me deu um abraço, disse que sempre me respeitou e foi um momento bonito”, revelou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube