MotoGP

Sasaki voa com cronômetro zerado e crava 1ª pole na Moto3 na Alemanha. Canet é 22º

Com 1min26s135, Ayumu Sasaki conquistou em Sachsenring sua primeira pole-position na Moto3. 0s057 mais lento, Kaito Toba ficou em segundo, com Marcos Ramírez fechando a primeira fila. Líder do Mundial, Arón Canet não conseguiu melhorar em sua tentativa final no Q1 e, com 1min27s164, vai largar só em 22º

Grande Prêmio / JULIANA TESSER, de São Paulo / FELIPE NORONHA, de São Paulo
O Japão brilhou na classificação da Moto3 na tarde deste sábado (6). Com o cronômetro zerado, Ayumu Sasaki cravou 1min26s135 e conquistou a primeira pole na Moto3 em uma dobradinha nipônica com Kaito Toba. É a primeira pole de um japonês na classe menor de Youichi Ui, na África do Sul, em 2003.
 
Aprovado no Q1, Jakub Kornfeil começou a fase final da classificação com folga no topo da tabela, mas, após alguns minutos, foi superado por um Marcos Ramírez 0s282 mais rápido. 
 
Depois da rodada de pit-stops, Ayumu Sasaki cravou 1min26s135 para garantir a pole-position, 0s057 melhor que Kaito Toba, que também passou Ramírez já com o cronômetro travado. 
Ayumu Sasaki levou a pole em Sachsenring (Foto: SIC)
0s325 mais lento que o tempo da pole, Lorenzo Dalla Porta abre a segunda fila, à frente de Romano Fenati e Kornfeil. Albert Arenas sai em sétimo, com Dennis Foggia, Gabriel Rodrigo e John McPhee completando o top-10.
 
Tony Arbolino adotou uma estratégia um tanto incompreensível e sequer marcou tempo na primeira metade da sessão. Depois de ver a moto apagar na saída do pit-lane, o piloto da Snipers correu contra o tempo, mas não conseguiu avançar ao Q2 e, com 1min26s780, vai sair apenas em 19º.
 
Líder do Mundial, Arón Canet sofreu um revés considerável nesta tarde. Sem tempo para passar direto à fase final da classificação, o #44 liderou boa parte no Q1, mas não conseguiu melhorar na tentativa final e acabou despencando na tabela. Com 1min27s164, o piloto do time de Max Biaggi vai sair apenas em 22º.

O GP da Alemanha de Moto3 está marcado para o domingo, às 6h (de Brasília). Acompanhe aqui a cobertura do GRANDE PRÊMIO.

Paddockast #24
A BATALHA: Indy x MotoGP



Canet fica fora do Q2 no estouro do cronômetro; Ai Ogura lidera Q1

Líder do campeonato, Canet precisou passar pelo Q1 após falhar nos treinos livres. E foi para a pista com vontade de resolver logo a situação – foi o primeiro a anotar tempo após a abertura dos boxes, com 1mins27s164.

Após cinco minutos, Jakub Kornfeil (a 0s280), Kazuki Masaki e John McPhee se colocaram atrás de Canet como os que avançavam, com Ai Ogura colado. Em seguida, todos os pilotos voltaram aos boxes para os ajustes finais – surpreendia, porém, a ausência na pista de Arbolino, sem tempo após 10 minutos de treino.

O piloto, inclusive, passou por um drama: na subida da saída dos boxes, sua moto demorou para pegar, fazendo com que dois mecânicos saíssem correndo para realizar ajustes. Não foi necessário, porém, com a moto funcionando quando os rivais passavam para a tentativa final.

Com o tempo finalizado, as novas marcas começaram a derrubar as anteriores: o primeiro foi Ogura, com 1min26s396. Em seguida veio Dennis Foggia, o outro a entrar no top-4.

Pior para Canet, que despencou para oitavo e ficou fora. McPhee e Kornfeil conseugiram segurar suas posições e avançaram, também.

Canet larga apenas em 22°, com Arbolino em 19°. Masaki, que também ficou por muito tempo na zona de classificação, caiu e sai em 21°.

Japoneses brilham nos instantes finais do Q2

O quatro se juntaram a Ramírez, Can Öncü, Salac, Lópex, Sasaki, Rodrigo, Toba, Suzuki, Dalla Porta, Antonelli, Fernandez, García, Fenati e Arenas no Q2.

A emoção na parte decisiva da classificação começou cedo: García caiu logo no primeiro minuto, ao perder o controle da traseira da moto na curva 13. O jovem de 16 anos foi parar na brita.

Enquanto isso, os  tempos começaram a ser anotados. Kornfeil (1min26s 588) e McPhee iniciaram o Q2 embalados pelo avanço da parte anterior e abriram com as duas primeiras posições no cinco minutos iniciais, com Ayumu Sasaki fechando o top-3.

Tal situação durou uma volta para o japonês: na tentativa seguinte, ultrapassou McPhee e assumiu a segunda colocação. Fenati chegou a assumir a liderança pouco abaixo dos 10 minutos, mas o tempo foi anulado por ter saído dos limites da pista na mesma curva 13 da queda de García. A liderança, então, passou para o recordista da pista, Ramírez, que com 1min26s306 passou Kornfeil.

Faltando 5 minutos, os pilotos pararam para reajustes, antes das tentativas finais. Ramirez e Kornfeil mantinham as duas primeiras posições, com Foggia, Sasaki e McPhee atrás.

Alonso López foi o primeiro a invadir o top-5, com a quinta colocação, na volta à pista. Arenas veio em seguida, assumindo a terceira posição. Mas a loucura do último segundo ainda viria.

Sasaki tomou a ponta ao anotar 1min26s135. Toba apareceu em segundo, e Dalla Porta ficou atrás de Ramírez, em quarto. A  última mudança no top-5 foi a entrada de Fenati. Kornfeil, que liderou boa parte do Q2, sai em sexto. Arenas, Foggia, Rodrigo e McPhee completam o top-10.

Moto3 2019, GP da Alemanha, Sachsenring, Grid de largada:

1 A SASAKI SIC HONDA 1:26.135  
2 K TOBA Asia Honda 1:26.192 +0.057
3 M RAMÍREZ Leopard Honda 1:26.306 +0.171
4 L DALLA PORTA Leopard Honda 1:26.460 +0.325
5 R FENATI Snipers Honda 1:26.492 +0.357
6 J KORNFEIL Prüstel KTM 1:26.588 +0.453
7 A ARENAS Ángel Nieto KTM 1:26.686 +0.551
8 D FOGGIA VR46 KTM 1:26.729 +0.594
9 G RODRIGO Gresini KTM 1:26.806 +0.671
10 J MCPHEE SIC HONDA 1:26.853 +0.718
11 A LÓPEZ Estrella Galicia 0,0 Honda 1:26.854 +0.719
12 C ÖNCÜ Red Bull KTM Ajo 1:26.860 +0.725
13 F SALAC Prüstel KTM 1:26.883 +0.748
14 T SUZUKI SIC58 Honda 1:27.002 +0.867
15 R FERNANDEZ Ángel Nieto KTM 1:27.040 +0.905
16 A OGURA Asia Honda 1:27.188 +1.053
17 N ANTONELLI SIC58 Honda 1:27.260 +1.125
18 S GARCIA Estrella Galicia 0,0 Honda    
19 T ARBOLINO Snipers Honda 1:26.780 +0.645
20 S NEPA CIP KTM 1:27.111 +0.976
21 J MASIÀ Worldwide KTM 1:27.154 +1.019
22 A CANET MAX KTM 1:27.164 +1.029
23 K MASAKI RBA KTM 1:27.241 +1.106
24 C VIETTI VR46 KTM 1:27.278 +1.143
25 D BINDER Avintia KTM 1:27.548 +1.413
26 M YURCHENKO RBA KTM 1:27.825 +1.690
27 R ROSSI Gresini Honda 1:27.879 +1.744
28 A MIGNO Worldwide KTM 1:28.072 +1.937
29 T BOOTH-AMOS CIP KTM 1:28.424 +2.289
30 D GEIGER Kiefer KTM 1:29.318 +3.183
         
REC B BINDER Ambrogio Mahindra 1:26.877 152.1 km/h
MV D KENT Leopard Honda 1:26.174 153.3 km/h
         
  Condições do tempo PISTA SECA   ar: 26ºC | pista: 41ºC




Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.