Sem moto, Zarco ‘vende peixe’ por vaga na Honda: “Eu seria a pessoa certa”

Johann Zarco segue em plena campanha por uma vaga na MotoGP e avaliou que seria a pessoa certa caso surgisse uma vaga na Honda. O francês está substituindo Takaaki Nakagami na LCR nesta fase final da temporada 2019

Johann Zarco segue em plena campanha por uma vaga na MotoGP. Depois de abrir mão de um lugar na KTM, o #5 ganhou uma segunda chance ainda em 2019 ao ser escalado pela LCR para substituir o lesionado Takaaki Nakagami. Ainda assim, o futuro segue incerto, uma vez que ele segue a pé em 2020.
 
Em entrevista ao site italiano ‘GPOne’, Zarco aproveitou para ‘vendeu seu peixe’ e declarou que seria o candidato ideal se a Honda tiver uma vaga.
 
No momento, a Honda tem Marc Márquez e Jorge Lorenzo contratados para 2020, mas a performance abaixo da expectativa segue fazendo do futuro do #99 alvo de especulações. 
Johann Zarco e Valentino Rossi (Foto: LCR)
Paddockast #41
MAIORES VITÓRIAS DE HAMILTON NA F1

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

“A verdade é que eu não faço segredo do meu futuro, já que eu não sei o que eu vou fazer”, disse Zarco. “Se abrir uma porta na Honda, eu seria a pessoa certa, já que sou o único piloto que está livre”, ponderou. 
 
“Como você bem sabe, é uma situação delicada, mas estou vivendo ao máximo. Não estou com medo de esperar até o próximo ano”, avisou.
 
Questionado se já se imaginou com o uniforme do time oficial, Zarco respondeu: “É um sonho e eu não nego que pense nisso, também porque eu testei a Honda e consegui ser competitivo”.
 
“No entanto, ainda tenho muita margem para crescer e eu gostaria de aproveitar essa oportunidade para voltar a ser um piloto de ponta”, comentou.
 
Perguntando sobre o que pode dar à Honda, Johann respondeu: “A possibilidade de ver um segundo piloto no pódio e não só Márquez. Como todos sabemos, Marc é um piloto forte, mas ao tirar vantagem das qualidades da moto ao máximo, podemos mirar o pódio”.
 
Johann foi, então, confrontando com a visão de Cal Crutchlow de que não seria uma boa ideia substituir Lorenzo com o francês.
 
“Ele gosta de brincar com a mídia”, falou. “Cal está com a Honda faz tempo e gostaria de estar no time oficial. Mas ele já mandou alguns sinais preocupantes em relação ao fato de estar querendo parar, já que tem uma filha e está na MotoGP há muitos anos”, lembrou. 
 
“Por outro lado, estou numa situação diferente. Eu não tenho nem filho e nem moto. Então tenho a determinação de correr por mais de um ano, e teria mais futuro comigo do que com Cal”, resumiu. “Obviamente, tenho respeito por ele, mas, para estar com a Honda, estou disposto a ficar parado por um ano”, encerrou.

O GP da Comunidade Valenciana de MotoGP está marcado para o domingo, às 10h (de Brasília). Acompanhe aqui a cobertura do GRANDE PRÊMIO.

CHESTE WEATHER

!function(d,s,id){var js,fjs=d.getElementsByTagName(s)[0];if(!d.getElementById(id)){js=d.createElement(s);js.id=id;js.src=’https://weatherwidget.io/js/widget.min.js’;fjs.parentNode.insertBefore(js,fjs);}}(document,’script’,’weatherwidget-io-js’);

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar