Sem poder contar com Folger no Japão por questões médicas, Tech3 promove estreia de Nozane na MotoGP

Kohta Nozane foi o nome escolhido pela Tech3 para substituir Jonas Folger, que já voltou à Alemanha para examinar sua suspeita de infecção viral. Nozane tem 21 anos e é um dos pilotos de teste da Yamaha

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Não demorou muito até que a Tech3 divulgasse quem será o substituto do doente Jonas Folger no GP do Japão do próximo fim de semana: Kohta Nozane, piloto de testes e da equipe de provas de longa duração da Yamaha, foi o escolhido para a etapa que será disputada no circuito de Motegi.

 
A Tech3 inicialmente apontou para a decisão de não substituir Folger e disputar a prova apenas com Johann Zarco, mas não foi o que acabou acontecendo. Nozane tem 21 anos e é o segundo piloto de teste em termos de experiência na Yamaha. O primeiro, Katsuyuki Nakasuga, está escalado para a corrida como o wild-card da equipe de fábrica.
 
Nozane não será o único piloto japonês substituindo um titular importante da MotoGP: Hiroshi Aoyama fica no lugar o machucado Jack Miller na Marc VDS. Por coincidência, Nozane e Aoyama são filhos da mesma cidade, Chiba, cidade que fica alguns quilômetros ao sudoeste de Tóquio.
Kohta Nozane (Foto: Yamaha)
"É uma grande surpresa para mim!", afirmou o jovem. "Ainda não acredito que vou participar do GP do Japão. Motegi é meu circuito favorito e eu guiei a M1 com pneus da Michelin aqui antes como piloto de testes da Yamaha. Será uma honra guiar no meu país como piloto da MotoGP. Quero agradecer Yamaha e Tech3 por me darem esta oportunidade", disse Nozane em comunicado oficial.

Folger irá ficar fora da prova japonesa por conta de uma suspeita de infecção viral pelo vírus Epstein-Barr, também conhecido como herpes. O vírus provoca febre, enfartamento dos gânglios do pescoço e das axilas, comprometimento do fígado e do baço, entre outros sintomas.

 
Enquanto volta para a Alemanha para realizar novos exames e confirmar a infecção, Folger sabe que encara um risco real de não disputar também as etapas de Austrália e Malásia. Nesta hipótese, o piloto alemão voltaria apenas para o encerramento da temporada, em Valência. 
’EXTRAORDINÁRIO’

DI GRASSI VÊ HAMILTON COMO UM DOS TRÊS MAIORES DA HISTÓRIA

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height:
0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute;
top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube