Sem receita de patrocinadores, Avintia se vê em “zona vermelha”: “Como outras equipes”

Chefe da Avintia, Ruben Xaus explicou as dificuldades financeiras dos times privados em meio à pandemia de coronavírus. Dirigente renegocia com a Ducati o leasing das motos

Chefe da Avintia, Ruben Xaus afirmou que a equipe está na “zona vermelha” no quesito financeiro. Com o início do campeonato da MotoGP adiado por conta da pandemia de coronavírus, as equipes deixaram de receber recursos dos patrocinadores.
 
Até aqui, apenas o GP do Catar foi cancelado para a classe rainha. No entanto, as corridas de Tailândia, Austin, Argentina, Espanha, França, Catalunha e Itália foram adiadas. O campeonato sequer tem data para começar.
 
“Se o campeonato não começa, você não pode pedir que os patrocinadores paguem”, disse Xaus à emissora Sky Italia. “Esse é um problema especificamente para as equipes privadas, pois somos mais fracas”, seguiu.
A Avintia apresentou a GP19 (Foto: Reprodução)
Paddockast #56
QUEM VAI SER O PRÓXIMO BRASILEIRO NA F1?

Ouça:

Spotify | iTunes | Android | playerFM

“Uma equipe privada está sempre em uma situação difícil, mas, é preciso destacar que o orçamento mínimo da Avintia no campeonato, que é cerca de € 11,5 ou 12 milhões (cerca de R$ 64 ou R$ 67 milhões) e que 65 ou 70% disso vai direto para o leasing das motos”, apontou. “Quando o patrocinador vê a moto na TV, eles ficam felizes em pagar. Se eles não pagam, você perde cerca de 15% do orçamento, ou em torno de € 2 milhões (aproximadamente R$ 11 milhões)”, detalhou.
 
O dirigente reconheceu que a Avintia deu sorte por ter recebido antecipadamente de alguns patrocinadores, mas ressaltou que o montante é insuficiente. 
 
“Os patrocinadores normalmente começam a pagar no fim de fevereiro ou em março, são poucos os patrocinadores que pagam com antecedência. No nosso caso, alguns patrocinadores fizeram isso, o que é uma sorte nossa. Mas não é uma quantia grande, é o suficiente para nos manter por dois ou três meses”, explicou. “Hoje nós estamos em uma zona vermelha, como as outras equipes privadas. Nos falta orçamento para o leasing dos caminhões, alugar escritórios, pagar pessoal, mecânicos, comprar suprimentos”, enumerou.
 
A Avintia, porém, está entre as equipes que vão receber auxilio financeiro da Dorna. Os times satélites vão receber mensalmente, por um período de três meses, € 250 mil.
 
Além disso, a Avintia também está negociando com a Ducati o valor correspondente ao leasing da Desmosedici. O time espanhol terá as GP19, as motos do ano passado.
 
“A Dorna está dando uma mão a todos os times privamos e isso vai permitir que a gente pague os custos fixos, mas não as motos”, disse Xaus. “Até mesmo as fábricas entendem que não podemos pagar o leasing de motos que não estão na pista”, reconheceu.
 
“Nós falamos com a Ducati duas ou três vezes por semana e eles se portaram de maneira muito justa. Vamos acordar com a Ducati uma soma [para a temporada] baseada no tamanho do campeonato, no número de motores que vamos usar, no material e na logística”, revelou.
 
COMO SE PREVENIR DO CORONAVÍRUS:
 

☞ Lave as mãos com água e sabão ou use álcool em gel.
☞ Cubra o nariz e boca ao espirrar ou tossir.
☞ Evite aglomerações se estiver doente.
☞ Mantenha os ambientes bem ventilados.
☞ Não compartilhe objetos pessoais.

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.

assine agora