Sem vaga, Dovizioso vê situação difícil e aguarda posição de Rossi para definir futuro

Andrea Dovizioso afirmou que não está em uma boa posição para correr por um time de fábrica na temporada de 2013. Italiano ponderou que escolha de Valentino Rossi impactará sua decisão

Andrea Dovizioso fechou um contrato de uma temporada com a Tech 3 no ano passado de olho em uma vaga no time de fábrica da Yamaha em 2013. Para conseguir sua meta, o italiano tem apresentado uma boa performance e já acumula quatro pódios em 2012.

Seu bom desempenho, no entanto, não será suficiente para garantir um lugar no time nipônico, já que Valentino Rossi é bastante cotado para reassumir seu lugar na casa de Iwata.

Em entrevista ao site italiano ‘GPOne’, Dovizioso afirmou que irá esperar até que Rossi tome sua decisão, já que o conterrâneo avalia três propostas.
 

Dovizioso está de olho na vaga ao lado de Lorenzo na Yamaha (Foto: Tech 3)

“Eu não tenho um limite, não estou em posição de dar os termos”, reconheceu Dovizioso. “Não vou esperar todos, mas Valentino decidirá até Indianápolis, até antes, portanto não há problema em esperar”, falou.

O atual companheiro de Cal Crutchlow afirmou que tem algumas propostas para o futuro, mas que todos estão aguardando o movimento de Rossi para que Andrea faça uma escolha.

“Neste momento, não estou em uma posição privilegiada. Tenho várias possibilidades, estão todos à espera, mesmo aqueles que me querem, porque sabem que neste momento, dada a situção, tem o poder”, comentou. “Quando Rossi decidir, a situação vai mudar. Iremos avaliar as propostas e decidir rapidamente”, continuou.

“Quem são os interessados? Honda, Ducati, Superbike com várias equipes. Não tenho muito para dizer, estou falando com todos”, explicou.

Apesar das propostas que já recebeu, Dovizioso não escondeu sua frustração com sua atual situação. “É uma situação do cacete!”, desabafou. "Fizemos a primeira metade da temporada perfeita, tudo o que podiamos fazer para conseguir a posto na Yamaha oficial. Se o Valentino for, tudo isso não vai servir para nada e vai foder mais ainda!”, encerrou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube