Sem Yamaha, Márquez mantém liderança e completa testes em Austin com 0s617 à frente de Pedrosa

Marc Márquez seguiu absoluto no último dia de testes privados em Austin. Estreante na classe rainha, o espanhol cravou 2min03s281 nesta quinta-feira (14) e fechou o dia 0s617 à frente de Dani Pedrosa. Stefan Bradl ficou com terceira marca

 As imagens desta quinta-feira em Austin

Marc Márquez ratificou nesta quinta-feira (14) seu domínio na bateria de testes privados realizada nesta semana em Austin. Depois de liderar os dois primeiros dias de atividade, o novato espanhol vou a exibir uma ótima performance e ficou com a primeira posição da tabela de tempos após cravar 2min03s281 em seu melhor giro.

Márquez dominou os três dias de testes em Austin (Foto: Garth Milan/ Red Bull Content Pool)

O último dia no Circuito das Américas viu uma pista esvaziada, já que Yamaha e GPTech deram o trabalho por encerrado após a sessão da última quarta. Com céu azul, brisa leve e temperaturas amenas, o piloto espanhol completou 60 voltas e fechou o treino com 0s617 de vantagem para Dani Pedrosa, o segundo colocado.

A marca de Márquez, aliás, é 0s572 mais rápida do que a estabelecida por ele no segundo dia no Texas. Aproveitando pista livre durante todo o dia, o campeão da Moto2 optou por não realizar uma simulação de corrida e focou no acerto da RC213V.

Na segunda posição, Pedrosa rodou bem menos que o companheiro e completou apenas 24 voltas na pista localizada no oeste norte-americano, por conta de uma dor no pescoço. Enquanto esteve na pista, o espanhol se dedicou ao acerto fino do câmbio do protótipo da Honda.

0s415 mais rápido do que o tempo registrado no dia anterior, Stefan Bradl ficou com o terceiro posto na tabela de tempos, com sua melhor marca em 2min04s225. Apesar da melhora, o germânico da LCR afirmou que é preciso melhorar o desempenho da frenagem de sua RC213V – um dos pontos fortes do campeão de 2011 da Moto2. Por conta desta dificuldade, o piloto não conseguiu registrar tempos constantes e espera melhorias na moto antes do início da temporada.

Além de Bradl e da dupla oficial da Honda, Blake Young também participou da sessão desta quinta. Usando chassi construído pela própria Attack Performance e motor Kawasaki, o norte-americano registrou 2min12s186 em sua melhor volta, 8s905 atrás de Márquez.

Na próxima semana, as equipes da MotoGP se reencontram no circuito de Jerez de la Frontera para a terceira e última bateria de testes coletivos da pré-temporada.

MotoGP, Austin, Treinos privados, dia 3:

1
Marc MÁRQUEZ
ESP
Honda
2:03.281
 
60
2
Daniel PEDROSA
ESP
Honda
2:03.898
+0.617
24
3
Stefan BRADL
ALE
LCR Honda
2:04.225
+0.944
43
4
Blake YOUNG
EUA
Attack Performance
2:12.186
+8.905
42

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube