Soberano na Alemanha, Kent cai e perde fim da classificação, mas ainda assim fatura terceira pole do ano na Moto3

Nem mesmo uma queda foi capaz de interromper o reinado de Danny Kent na Saxônia. Com uma volta de 1min26s420, o britânico conquistou sua terceira pole-position da temporada, impondo 0s519 de vantagem para Enea Bastianini, o segundo colocado. Karel Hanika fecha a primeira fila

A cobertura completa do GP da Alemanha no GRANDE PRÊMIO

Danny Kent está em tal forma que nem mesmo um erro é capaz de atrapalhá-lo. Dominante ao longo de todo o fim de semana em Sachsenring, o britânico voltou a desfilar seu excelente ritmo na tarde deste sábado (11), mas cometeu uma falha que resultou em sua primeira queda em 2015.
 
Por conta do erro, Danny perdeu a chance de participar dos minutos finais da sessão, quando as marcas tendem a cair ainda mais, mas nem isso foi capaz de impedir a terceira pode do britânico no ano.
Nem queda é capaz de atrapalhar o domínio de Danny Kent (Foto: Kiefer)
Sentado nos boxes, Kent não vou rivais para sua marca recorde de 1min26s420 e conquistou a posição de honra no grid saxão por 0s519 de vantagem para Enea Bastianini. Karel Hanika completa a primeira fila.
Expulso da primeira fila por Bastianini nos instantes finais da classificação, Fabio Quartararo larga em quarto, ao lado de Éfren Vázquez e Andrea Locatelli. Jorge Martín abre a fila seguinte, com Jorge Navarro e Niccolò Antonelli vindo na sequência.
 
Niklas Ajo também sofreu um acidente na sessão, em um tombo junto com Ana Carrasco — o que provocou a fúria da jovem espanhola —, mas ficou com o décimo posto no grid.
 
Juanfran Guevara, que deslocou o cóccix em uma forte queda na terceira sessão livre, voltou a se acidentar na classificação e foi levado ao centro médico da pista alemã. Ainda não se sabe se o piloto da Aspar terá condições de correr, mas ele ficou com o 26º posto.
 
Saiba como foi o treino classificatório da Moto3 em Sachsenring:
 
As nuvens ganharam espaço no céu de Oberlungwitz no início da tarde deste sábado (11), mas o clima seguiu basicamente o mesmo. Na hora do treino classificatório da Moto3, os termômetros indicavam 22°C, com o asfalto chegando perto dos 33°C.
 
Dominante ao longo dos treinos livres, Danny Kent abriu o treino classificatório no topo da tabela e logo tratou de baixar sua marca para abrir 0s268 de vantagem para Éfren Vázquez, o segundo colocado. Isaac Viñales vinha em terceiro, à frente de Niklas Ajo e Fabio Quartararo. 
 
Ainda anos primeiros minutos da sessão, Kent entrou na casa de 1min26s432, baixando em 0s565 o recorde da pole de Sachsenring, estabelecido em 1min26s997 por Jack Miller no ano passado.
 
Isaac Viñales agora aparecia na quarta colocação, à frente de Brad Binder e Karel Hanika. Quartararo tinha o sétimo posto, com Alexis Masbou, Enea Bastianini e Andrea Locatelli fechando o top-10.
 
Ainda nos primeiros minutos da sessão, Juanfran Guevara sofreu uma forte queda e deixou a pista amparado pelos médicos. Mais cedo, o piloto da Aspar levou um tombo na curva 13 e sofreu contusões na mão direita e também no pé. Além disso, o espanhol deslocou o cóccix no acidente.
Enea Bastianini vai largar ao lado de Danny Kent (Foto: Gresini)
Após o acidente desta tarde, o #58 foi levado ao centro médico do circuito de Sachsenring e ainda não há informações sobre seu estado.
 
Com o primeiro terço do treino completado, os pilotos foram aos boxes e logo retornaram à pista para dar sequência ao treino. Kent liderava, seguido por Vázquez e Viñales.
 
De volta, Hanika anotou 1min26s941 e assumiu o segundo posto, 0s509 atrás de Kent. Jorge Martín também foi melhor e assumiu a quarta colocação. Niccolò Antonelli também melhorou e se instalou em terceiro.
 
Pouco depois, Karel Hanika sofreu uma queda, mas não se feriu. Na sequência, Niklas Ajo e Ana Carrasco caíram em um acidente caseiro na curva 13, mas só o finlandês conseguiu voltar imediatamente para a pista. No retorno aos boxes, Ana não se conteve e foi brigar com Ajo. 
 
Com 15 minutos para o fim, Danny Kent teve sua primeira queda no ano. O britânico entrou rápido demais na curva 6, perdeu a traseira e escorregou, levando o wild-card Maximilian Kappler junto. Os dois voltaram a pé para os boxes.
 
Os pilotos, então, seguiram para os boxes para os últimos ajustes antes do ataque decisivo à pole-position. Kent liderava com 0s521 de vantagem para Hanika. Antonelli vinha na sequência, com Vázquez, Ajo, Binder, Locatelli, Martín, Viñales e Quartararo.
 
Com 1min27s160, Martín subiu para terceiro, mas perdeu a posição para Locatelli quase que imediatamente por uma diferença de 0s030. Jorge Navarro se instalou em quinto, seguido por Antonelli e Vázquez.
 
Fabio Quartararo, então, cravou 1min26s968 e assumiu o terceiro posto, 0s548 mais lento que Kent, que não ia voltar para a pista após a queda.
 
Nos instantes finais, Bastianini cravou 1min26s939 e assumiu o segundo posto, empurrando Quartararo para fora da primeira fila.
 

#GALERIA(5380)

Moto3, GP da Alemanha, Sachsenring, treino classificatório:

1 52 DANNY KENT ING KIEFER Honda 1:26.420  
2 33 ENEA BASTIANINI ITA GRESINI Honda 1:26.939 +0.519
3 98 KAREL HANIKA TCH RED BULL KTM AJO 1:26.941 +0.521
4 20 FABIO QUARTARARO FRA ESTRELLA GALICIA 0,0 Honda 1:26.968 +0.548
5 7 ÉFREN VÁZQUEZ ESP KIEFER Honda 1:27.005 +0.585
6 55 ANDREA LOCATELLI ITA GRESINI Honda 1:27.130 +0.710
7 88 JORGE MARTÍN ESP ASPAR Mahindra 1:27.160 +0.740
8 9 JORGE NAVARRO ESP ESTRELLA GALICIA 0,0 Honda 1:27.253 +0.833
9 23 NICCOLÒ ANTONELLI ITA ONGETTA Honda 1:27.313 +0.893
10 31 NIKLAS AJO FIN RBA KTM 1:27.334 +0.914
11 41 BRAD BINDER RSA RED BULL KTM AJO 1:27.355 +0.935
12 10 ALEXIS MASBOU FRA RTG Honda 1:27.356 +0.936
13 5 ROMANO FENATI ITA VR46 KTM 1:27.378 +0.958
14 32 ISAAC VIÑALES ESP HUSQVARNA LAGLISSE 1:27.496 +1.076
15 11 LIVIO LOI BEL RW Kalex KTM 1:27.536 +1.116
16 65 PHILIPP OETTL ALE SCHEDL GP KTM 1:27.567 +1.147
17 63 ZULFAHMI KHAIRUDDIN MAL SEPANG KTM 1:27.653 +1.233
18 84 JAKUB KORNFEIL TCH SEPANG KTM 1:27.714 +1.294
19 40 DARRYN BINDER RSA AMBROGIO Mahindra 1:27.828 +1.408
20 17 JOHN McPHEE ING RTG Honda 1:27.857 +1.437
21 95 JULES DANILO FRA ONGETTA Honda 1:27.863 +1.443
22 21 FRANCESCO BAGNAIA ITA ASPAR Mahindra 1:27.887 +1.467
23 76 HIROKI ONO JAP KIEFER Honda 1:27.921 +1.501
24 22 ANA CARRASCO ESP RBA KTM 1:28.031 +1.611
25 19 ALESSANDRO TONUCCI ITA AMBROGIO  Mahindra 1:28.074 +1.654
26 58 JUANFRAN GUEVARA ESP ASPAR Mahindra 1:28.103 +1.683
27 2 REMY GARDNER AUS CIP Mahindra 1:28.160 +1.740
28 6 MARÍA HERRERA ESP HUSQVARNA LAGLISSE 1:28.162 +1.742
29 29 STEFANO MANZI ITA TEAM ITALIA Mahindra 1:28.171 +1.751
30 24 TATSUKI SUZUKI JAP CIP Mahindra 1:28.211 +1.791
31 12 MATTEO FERRARI ITA TEAM ITALIA Mahindra 1:28.227 +1.807
32 16 ANDREA MIGNO ITA VR46 KTM 1:28.232 +1.812
33 91 GABRIEL RODRIGO ARG RBA KTM 1:28.535 +2.115
34 97 MAXIMILIAN KAPPLER ALE RTG Honda 1:29.750 +3.330
35 45 JONAS GEITNER ALE FREUDENBERG KTM 1:30.011 +3.591
  44 MIGUEL OLIVEIRA POR RED BULL KTM AJO sem tempo  
             
RECORDE BRAD BINDER RSA AMBROGIO Mahindra 1:26.877 152.1 km/h
MELHOR VOLTA DANNY KENT ING KIEFER Honda 1:26.174 153.3 km/h
             
    Condições do tempo   PISTA SECA   ar: 22ºC | pista: 32ºC

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube