Stoner caça Lorenzo, escapa no final e garante quarto triunfo do ano em Laguna Seca

Em prova exemplar, Casey Stoner conseguiu passar Jorge Lorenzo e garantiu seu quarto triunfo na temporada com uma diferença de 3s429. Daniel Pedrosa completa o pódio californiano

Após o treino classificatório do ultimo sábado (28), Casey Stoner não parecia muito animado com suas chances na corrida, mas o australiano conseguiu encontrar o melhor acerto para sua Honda e exibiu uma ótima forma na prova de Laguna Seca.

Em uma corrida exemplar, Stoner pressionou o líder Jorge Lorenzo nos metros iniciais, viu o espanhol abrir, mas conseguiu buscar o adversário, assumir a ponta e impor um ótimo ritmo, garantindo a vitória com 3s429 de vantagem para o espanhol da Yamaha. Daniel Pedrosa ficou em terceiro.
 

Stoner conseguiu passar Lorenzo e garantiu seu quarto triunfo na temporada (Foto: MotoGP)


Andrea Dovizioso, mais uma vez, venceu a briga caseira com Cal Crutchlow e cruzou a linha de Laguna Seca na quarta posição. Nicky Hayden foi o sexto, seguido por Stefan Bradl e Álvaro Bautista, que se beneficiou de uma queda de Valentino Rossi na penúltima volta. Aleix Espargaró ficou em nono, com Karel Abraham completando o top-10.

Pelo Mundial, Lorenzo chegou aos 205 pontos, 23 a mais do que Pedrosa, o segundo colocado. Stoner segue na terceira colocação com 173 pontos. Dovizioso é o quarto, seguido por Crutchlow, Bradl, Hayden, Rossi, Bautista e Spies. De Puniet é o melhor classificado entre as equipes CRT, somando 33 pontos e aparecendo na 12ª posição da tabela.

Saiba como foi a prova deste domingo:

Largando na pole, Lorenzo manteve a ponta, seguido por Pedrosa, Stoner e Spies. Ainda nos primeiros metros, Michele Pirro e Randy De Puniet escaparam da pista, o italiano sofreu uma queda no circuito norte-americano e abandonou a disputa.

Lorenzo abriu a segunda volta com 0s167 de diferença para Pedrosa, que era seguido de perto por Stoner. Quem também abandonou a prova logo no início foi Toni Elías, que neste fim de semana substitui o lesionado Hector Barberá.

Na abertura do terceiro giro, Stoner conseguiu passar Pedrosa, assumindo o segundo posto. Spies vinha em quarto, seguido por Dovizioso, Crutchlow, Bradl, Bautista, Hayden e Rossi. Entre as CRT, o melhor colocado era Espargaró, que aparecia em 11º.

Com 28 voltas para o fim da disputa, Lorenzo baixou o recorde da pista para 1min21s255. A marca anterior havia sido registrada por Stoner em 2010, com 1min21s376.

Apesar da derrota, Lorenzo segue na liderança do Mundial com 23 pontos de vantagem (Foto: MotoGP)


Na ponta, a disputa seguia quente. Casey tinha 0s131 de atraso em relação a Lorenzo e seguia pressionando o espanhol pela ponta. Pedrosa acompanhava a dupla, mas já exibia uma discreta diferença para o companheiro de Honda. Hayden e Rossi conseguiram passar Bautista, que caiu para a décima colocação.

Com Stoner atacando Lorenzo, Pedrosa aproveitou para se aproximar da dupla, estudando as linhas do companheiro de time. Mais atrás, Spies, Dovizioso e Crutchlow travavam uma batalha pela quarta colocação, com o norte-americano conseguindo manter a frente. Bradl se aproveitou da disputa para reduzir a vantagem do trio, entrando na briga por posições.

Na abertura da 12ª volta, Lorenzo, enfim, conseguiu impor a diferença de 0s675 para Stoner, ampliando a vantagem na sequência. Mais atrás, Spies segurava o quarto posto, com Bradl se aproximando de Crutchlow, o sexto colocado.

Lorenzo seguia liderando a disputa, mas via Stoner aumentar o ritmo e diminuir a diferença, que era de 0s645 com 14 voltas para o fim e caiu para 0s623 no giro seguinte. Na sequência, Casey levou a diferença para 0s215, passando a atacar o espanhol.

No início da 21ª volta, Stoner colocou por dentro e passou Lorenzo na curva 1 de Laguna Seca, levantando o público, que era de 52.677 pessoas.

Na 22ª volta da disputa, Spies sofreu uma queda no saca-rolhas. O piloto da casa caiu e saiu da pista sentado na moto que escorregava pelo asfalto.

Stoner conseguiu abrir 0s408 de diferença para Lorenzo faltando nove voltas para o fim. Enquanto Casey ampliava a vantagem na ponta, Hayden atava Bradl pelo sexto posto, com Crutchlow tentando chegar em Dovizioso mais à frente.

Com seis giros para o fim, Lorenzo começou a reduzir a diferença, virando mais rápido que o australiano. Duas voltas mais tarde, Stoner respondeu e ampliou a diferença para 0s747.

Mais atrás, Hayden venceu o duelo com Bradl e assumiu o sexto posto. Rossi vinha em oitavo, seguido por Bautista, Espargaró, Abraham e De Puniet.
 

No fim da prova, Hayden precisou dar uma carona para Rossi voltar aos boxes da Ducati (Foto: MotoGP)


Na penúltima volta da disputam Rossi caiu no forte no saca-rolhas, abandonando a disputa. Stoner conseguiu abrir ainda mais para Lorenzo e garantiu sua quarta vitória na temporada.

MotoGP, GP dos Estados Unidos, Laguna Seca, Final:
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube