Stoner se diz mais confortável na Malásia, mas diz que Honda ainda precisa encontrar ritmo certo

Ao contrário do que aconteceu no Japão, Casey Stoner mostrou força no primeiro treino livre na Malásia e conquistou a segunda melhor marca. Australiano anotou 2min01s773 e ficou a 0s152 de Daniel Pedrosa, o mais rápido do dia

 

Depois de uma etapa difícil no Japão, Casey Stoner se mostrou mais forte nesta sexta-feira (19), primeiro dia de atividades para o GP da Malásia. O australiano anotou 2min01s773 em Sepang e ficou com o segundo tempo, 0s152 atrás de Daniel Pedrosa, o líder. 
 
“Eu definitivamente me sinto mais confortável aqui do que no Japão, não sei se é por ter mais tempo na moto ou por essa pista não ser tão exigente com a perna direita”, ponderou. 
Stoner afirmou que se sente melhor na RC213V (Foto: Honda)
O bicampeão afirmou que sente melhor na RC213V, mas afirmou que a Honda ainda precisa encontrar o ritmo certo para poder ter um bom desempenho na etapa malaia. 
 
“Estou com uma sensação melhor aqui, então os tempos de volta vêm mais rápido”, frisou. “Ainda temos um pouco de trabalho para fazer e não acho que estejamos nada próximos do ritmo que precisamos, mas a primeira sessão foi muito bem e espero que possamos continuar desta forma no resto do fim de semana”, completou. 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube