Surpreso com 1ª fila, Dovizioso diz ter ritmo para boa prova, mas reconhece: “Talvez não para pódio”

Andrea Dovizioso admitiu a surpresa com a primeira fila em Le Mans e elogiou o trabalho da Ducati ao longo do fim de semana. Italiano destacou bom ritmo da Desmosedici, mas reconheceu que não deve ser o suficiente para brigar pelo pódio

As imagens do sábado no Mundial de Motovelocidade em Le Mans
Acompanhe a cobertura do GP da França no GRANDE PRÊMIO
Automobilismo na TV: a programação do fim de semana

Andrea Dovizioso surpreendeu neste sábado (18) ao garantir a terceira colocação no grid de largada do GP da França de MotoGP. A bordo da GP13, o italiano registrou 1min33s603 em sua melhor volta e ficou a 0s416 de Marc Márquez, que conquistou sua segunda pole-position na temporada 2013.
 
Satisfeito com o resultado, Andrea reconheceu que ficou surpreso com a primeira fila, mas avaliou que a Ducati tem ritmo para fazer uma boa prova. Apesar de contente com o desempenho da Desmosedici, Dovizioso espera por uma prova difícil e reconheceu que o bom ritmo pode não ser o suficiente para o pódio.
Dovizioso disse que não esperava fazer uma volta tão boa (Foto: Ducati)
“Estou satisfeito com o trabalho que fizemos ao longo do fim de semana, porque fomos consistentemente rápidos e temos ritmo para fazer uma boa corrida – talvez não para terminar no pódio, mas estamos muito mais próximos de nossos rivais do que estávamos em outras pistas”, ressaltou.
 
“Fiquei surpreso em fazer 1min33s6, já que não pensei que fosse capaz de fazer isso, mas é uma sensação ótima”, continuou. “Apesar de eu saber que será uma corrida difícil, ainda espero que seja no seco amanhã. Foram nessas condições que nós treinamos e nós fomos bem rápidos.’ 
 
“Ainda assim, mesmo que chova não será um grande problema, já que parece que a nossa GP13 trabalha bem no molhado”, completou. 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube