Tempo colabora, e Lorenzo comanda dia de testes da MotoGP em Aragón com 0s358 de vantagem

Com intervalos de sol no Motorland de Aragón, Jorge Lorenzo foi o mais rápido nos testes desta quarta-feira (20). Espanhol foi 0s358 mais rápido que Marc Márquez, o segundo colocado. Dani Pedrosa ficou com o terceiro posto

Depois de comandar o dia de testes da MotoGP na Catalunha, Jorge Lorenzo voltou a colocar a Yamaha na ponta da tabela de tempos nesta quarta-feira (4). Após encerrar os testes em Montmeló, a casa de Iwata seguiu para Aragón para encontrar com a Honda e completar mais um dia de atividades. 
Lorenzo colocou a Yamaha na ponta no Motorland (Foto: Yamaha)
Lorenzo completou 53 voltas e fez seu melhor giro em 1min48s076, 0s358 mais rápido que Marc Márquez, o segundo colocado. Dani Pedrosa registrou 1min48s928 e foi o terceiro, à frente de Valentino Rossi. 
 
No Motorland, a Yamaha se dedicou aos testes com o novo pneu duro traseiro introduzido pela Bridgestone. Lorenzo trabalhou no acerto da M1, com Rossi se dedicando a melhorar sua performance com os freios.
 
A Honda não ficou para o teste da Catalunha e tinha optado por dois dias de exercícios em Aragón. A chuva atrapalhou os treinos na terça-feira, mas o clima colaborou nesta quarta e permitiu que os pilotos aproveitassem pista seca até as 17h20, na hora local. 
 
Segundo na tabela, Márquez não conseguiu testar a RC213V desenvolvida pela Honda para a temporada 2014, mas vai ficar no circuito  de Alcañiz com seu time para mais um dia de atividades. 
 
Pedrosa completou seu programa com a moto de 2013 e também testou o protótipo de 2014 por nove voltas, por isso, não treinará na quinta. Dani destacou que ainda precisa de mais tempo para entender o novo protótipo e não vai colocá-la na pista em breve.
Pedrosa conseguiu testar a RC213V de 2014 (Foto: Honda)
Bradl, que participou do teste em Montmeló, esteve em Aragón e aproveitou o dia para completar 14 voltas com a versão de 2014. Com o quinto tempo e seu melhor giro em 1min49s553, a avaliação do germânico é de que a nova moto é bastante similar à atual. 
 
Bautista dedicou o dia ao trabalho com um novo garfo, ao amortecedor traseiro Showa e a vários novos componentes dos freios Nissin. Álvaro registrou a sexta marca, 2s004 atrás do líder da sessão.
 
A Suzuki deu sequência ao trabalho de desenvolvimento da XRH-1, nome código do protótipo desenvolvimento pela marca para seu retorno à MotoGP – confirmado para 2015. Assim como aconteceu na Catalunha, Randy de Puniet foi o responsável por guiar a moto e estabeleceu 1min50s860 como melhor marca, 2s784 atrás de Lorenzo. O francês sofreu com problemas no set-up do freio motor e com falta de aderência, e segue em Alcañiz para mais um dia de testes. 
 
MotoGP, Aragón, Teste coletivo, Final:
 
1
Jorge LORENZO
ESP
Yamaha
 
1:48.076
 
53
2
Marc MÁRQUEZ
ESP
Honda
 
1:48.434
+0.358
71
3
Dani PEDROSA
ESP
Honda
 
1:48.928
+0.852
62
4
Valentino ROSSI
ITA
Yamaha
 
1:49.007
+0.931
54
5
Stefan BRADL
ALE
LCR Honda
 
1:49.553
+1.477
14
6
Álvaro BAUTISTA
ESP
Gresini Honda
 
1:50.080
+2.004
72
7
Randy DE PUNIET
FRA
Suzuki
 
1:50.860
+2.784
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Condições do tempo
 
Sol
 
ar: 20°C | pista: 40°C
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
VMR
Dani PEDROSA
ESP
Honda
 
1:49.109
167.5 km/h
REC
Casey STONER
AUS
Honda
 
1:49.046
167.6 km/h
MV
Casey STONER
AUS
Honda
 
1:48.451
168.5 km/h
POLE
2012
Jorge LORENZO
ESP
Yamaha
 
1:49.404
167.0 km/h
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube