Terceiro nos treinos em Le Mans, Rossi avalia: “Seria bom ser o quarto vencedor da temporada”

Terceiro mais rápido no primeiro dia de treinos para o GP da França, Valentino Rossi se mostrou animado com as mudanças feitas no acerto da M1. Italiano destacou que seria bom ser o quarto vencedor da temporada

As imagens da sexta-feira no Mundial de Motovelocidade em Le Mans
Acompanhe a cobertura do GP da França no GRANDE PRÊMIO
Automobilismo na TV: a programação do fim de semana

Depois das dificuldades enfrentadas em Austin e Jerez, Valentino Rossi se mostrou animado com o bom desempenho da M1 nos treinos em Le Mans. Nesta sexta-feira (17), o piloto da Yamaha anotou 1min34s173 em seu melhor giro e fechou o dia com o terceiro tempo, 0s138 atrás de Dani Pedrosa, o mais rápido na França.
 
“Hoje nós fomos bem com os freios, pois modificamos o acerto e tentamos dois ajustes diferentes para entender qual caminho seguir para melhorar a frenagem. Este era o principal problema”, explicou. “Esta manhã não foi tão ruim e, especialmente esta tarde, fiz outra comparação”, contou. 
Rossi se mostrou bastante animado com o desempenho da M1 (Foto: Yamaha)
“Peguei meu acerto preferido com algumas pequenas mudanças e a última saída foi muito boa. Eu podia frear forte, o que foi o principal problema em Austin e também em Jerez, então foi um bom dia”, resumiu. 
 
O multicampeão explicou que sua equipe também trabalhou para reduzir o desgaste do pneu traseiro e destacou que fez sua melhor marca com os compostos já desgastados. 
 
“Nós também tentamos modificar a traseira para não estressar tanto o pneu traseiro. Isso me ajudou muito”, comentou. “Fiz minhas melhores voltas com os pneus que tinham mais de 30 voltas. O treino desta tarde foi bom, então estou feliz.” 
 
Valentino se mostrou satisfeito com o acerto da moto até aqui e disse que agora é só esperar as condições meteorológicas. 
 
“Já estamos bem com o acerto da moto, então vamos esperar pelo clima de amanhã. No caso de chuva, estamos mais ou menos prontos, e se estiver seco, poderemos tentar outra coisa, modificar alguns pequenos detalhes”, ponderou. “Estamos muito próximos da frente, então não é tão mal.”
 
“Sou o terceiro, atrás das duas Honda, mas estamos todos próximos. Seria bom ser o quarto vencedor da temporada aqui em Le Mans. Vai ser difícil, mas vamos tentar”, assegurou o piloto da Yamaha.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube