MotoGP

Viñales aguarda desculpa, mas Lorenzo esnoba: “Não tenho intenção de falar com ele”

Em Assen para o GP da Holanda deste fim de semana, Maverick Viñales deixou claro que ainda espera um pedido de desculpas de Jorge Lorenzo. O piloto da Honda, porém, deixou claro que já virou a página e entende que fez o que deveria ter feito ainda na Catalunha

Grande Prêmio / Redação GP, de São Paulo
Maverick Viñales ainda não engoliu o desfecho do GP da Catalunha. O piloto da Yamaha deixou claro nesta quinta-feira (27) que ainda aguarda um pedido de desculpas de Jorge Lorenzo após o acidente da segunda volta em Montmeló. O piloto da Honda, todavia, tem outros planos.
 
 
Desde o início, Viñales se mostrou bastante irritado com a ação de Lorenzo e chegou a pedir que ele fosse sancionado pelo Painel de Comissários. A FIM (Federação Internacional de Motociclismo), no entanto, não considerou a manobra passível de punição.
Maverick Viñales segue irritado com Jorge Lorenzo (Foto: Divulgação/MotoGP)
Falando a imprensa em Assen, Viñales avaliou que deveria ter recebido uma ligação de Lorenzo com um pedido de desculpas.
 
“Sinceramente, já tinha passado depois do fim da corrida. Fico com as sensações das primeiras voltas, do feeling que eu tinha com a moto, que era excelente”, disse Viñales. “E nada mais. No fim, Jorge tem meu número, tem a confiança para me ligar e, pelo menos, me explicar a situação que foi. E, claro, eu sou uma pessoa que respeita muito os outros pilotos. A pista é a pista. Fora, é outra coisa”, seguiu.
 
Viñales, aliás, segue convicto de que Lorenzo deveria ter sido punido pelo incidente na segunda curva.
 
“Isso abre a porta para que tenham mais ações como esta. No fim, se não te sancionam, então você prova isso”, avaliou.
 
Lorenzo, por outro lado, deixou claro que já virou a página e avalia que fez o que deveria ter feito ainda na Catalunha.
 
“Não tenho intenção de falar com Viñales. Por razões minhas. Com Valentino? Acho que não faz falta”, comentou Lorenzo. “Eu já fiz o que eu tinha que fazer. Na hora, não os encontrei, mas sim a Dovizioso. Mas não serve de nada, pois não vou mudar nada da situação. Eles entenderam e pronto. Viramos a página”, concluiu.

O GP da Holanda de MotoGP está marcado para o domingo, às 9h (de Brasília). O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO.
 
Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.