Viñales assume erro por queda, celebra performance, mas se preocupa com durabilidade dos pneus

Líder dos treinos livres da MotoGP, Maverick Viñales fez um balanço positivo da performance da Yamaha em Losail. Espanhol assumiu a responsabilidade pela queda no TL2 e mostrou preocupação com o desgaste dos pneus

 
A primeira queda a bordo da YZR-M1 não foi suficiente para abalar a confiança de Maverick Viñales. Embora não tenha conseguido melhorar a marca registrada na quinta-feira, o espanhol fechou o segundo dia em Losail no topo da tabela de tempos.
 
Ainda no primeiro dia no Catar, Viñales cravou 1min54s316, marca que o garante no tabela da tabela dos três treinos combinados, 0s532 à frente de Andrea Iannone, o segundo colocado.
 
Falando à imprensa, Maverick assumiu a responsabilidade pelo tombo na curva quarto de Losail no segundo treino da MotoGP. “Foi completamente erro meu”, disse.
Maverick Viñales ditou o ritmo nos treinos em Losail (Foto: Yamaha)

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 3
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

Além de ser o dono da melhor volta, Viñales também exibiu um ótimo ritmo de corrida, rodando frequentemente em 1min55s. 
 
“Posso ficar feliz”, resumiu Maverick. “Hoje nós tentamos focar no ritmo o tempo todo. Não foi tão mal. As condições da pista não estavam em 100%. Nós fizemos muitas voltas em 1min55s médio e alto quando todos os outros pilotos estavam em 1min56s”, seguiu.
 
“Posso ficar feliz. Acho que a nossa moto está em um bom nível, mas ainda tenho de melhorar. Sentimos que queremos ser um pouco mais constantes nos tempos de volta”, apontou. “Claro, queremos fazer o pneu durar um pouco mais, porque hoje foi um desastre. Não tinha aderência na traseira”, contou.
 
Questionado se a falta de aderência era reflexo das chuvas que caíram em Doha nesta tarde, Viñales respondeu: “Acho que sim. A Moto3 fez exatamente o mesmo tempo de volta. A Moto2 também. Nós não melhoramos”.
 
“Após um teste onde você liderou, claro, você vai para a pista um pouco nervoso. Você quer se sair bem. Depois de ontem, claro, eu esqueci os nervos”, comentou. “Tento relaxar e manter meu próprio ritmo, meu próprio trabalho. No momento, está no caminho certo. Temos de manter e melhorar algumas áreas, mas já estamos bem felizes”, sublinhou.
 
Indagado sobre a queda que sofreu mais cedo, o #25 explicou: “Eu estava totalmente fora da linha. Eu freei tarde e pensei: ‘Ok, faz a curva de qualquer jeito’. Eu entrei e era impossível. Eu tinha mais ângulo e também estava fora da linha. Então foi completamente erro meu. Quando eu caí, eu sabia que ir cair se eu fizesse aquilo. Digamos que vai ser muito melhor se eu conseguir ficar na moto”.
 
Mesmo dominante, Viñales não deixou de apontar rivais. E fez até uma lista grande.
 
“Eu não sei. Têm muitos. As Ducati. Marc. Marc, com certeza. Vimos que [Johann] Zarco estava próximo hoje. [Andrea] Iannone. Têm muitos pilotos. Amanhã nós vamos tentar dar 100%, assim como fizemos no TL1, e vamos ver”, concluiu.

#GALERIA(6967)

PADDOCK GP #70 FAZ PRÉVIA DE ABERTURA DAS TEMPORADAS DE F1 E MOTOGP E LEMBRA PACE

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube