MotoGP

Viñales pede melhor aceleração e diz que Yamaha precisa de mais aderência se quiser “brigar pela vitória”

Maverick Viñales ditou o ritmo na bateria final de testes da pré-temporada 2019 da MotoGP, mas nem por isso deixou de cobrar melhoras da Yamaha. O #12 considerou que a YZR-M1 precisa de melhor aceleração e mais aderência
Grande Prêmio / Redação GP, de São Paulo
LEIA TAMBÉM
Entre dúvidas e certezas, MotoGP fecha testes com diagnóstico de 2019 imprevisível

Maverick Viñales terminou os testes do Catar no topo da tabela de tempos, mas nem por isso deixou de cobrar melhora da Yamaha. O espanhol concluiu que a moto de Iwata precisa de melhor aceleração e aderência.
 
Maverick Viñales cobrou melhoras da Yamaha para temporada 2019 (Foto: Yamaha)
Mesmo já tendo se referido à moto de 2019 como a melhor Yamaha que já guiou, Viñales acredita que ainda é preciso melhorar, especialmente por ter ciência da capacidade da concorrência.
 
“Antes de mais nada, precisamos melhorar do lado da aceleração e aí estaremos prontos”, disse Viñales. “A próxima corrida será muito importante para nós, especialmente para vermos se podemos ganhar aderência no limite do pneu. Se queremos brigar pela vitória, precisamos de mais aderência”, insistiu.
 
“Nós melhoramos bastante no lado da desaceleração, então posso fazer o tempo de volta”, apontou. “Até mesmo na curva 1, se perdermos 10 km/h, posso estar lá, rápido, pois posso fechar a curva, ter muita velocidade na curva”, explicou.
 
“Nessa área, melhoramos bastante em comparação com o ano passado. No lado da aceleração, ainda estamos um pouco atrás dos nossos adversários, então precisamos continuar”, concluiu.