Zarco aparece no fim, ultrapassa Lüthi na última volta e garante oitava vitória do ano na Moto2 em Sepang

O dia parecia ser de Thomas Lüthi, mas Johann Zarco mostrou que não seria bem assim. Neste domingo (25) aconteceu o GP da Malásia e, na última volta da disputa, o atual campeão da categoria deu um bote em cima do suíço, garantindo mais uma vitória na temporada 2015

A cobertura completa do GP da Malásia no GRANDE PRÊMIO

Thomas Lüthi tinha tudo para ter mais um triunfo na Moto2, mas Johann Zarco acabou se intrometendo. Neste domingo (25) aconteceu o GP da Malásia e, após uma prova dominada pelo #12, o atual campeão da categoria deu um bote certeiro e garantiu a vitória na etapa.

 
O titular da Interwetten vinha liderando toda a corrida, após ter largado da pole-position. Com uma vantagem consideravelmente folgada, nada parecia que tiraria seu degrau mais alto do pódio. Porém, na última volta da disputa, Zarco tirou toda a desvantagem que tinha para o ponteiro, deu o bote, conseguiu a ultrapassagem e tomou para si a liderança e a primeira colocação.
Johann Zarco garantiu a vitória na última volta (Foto: Ajo)
A classificação do Mundial de Moto2 após o GP da Malásia

Quem completou o pódio da etapa malaia foi Jonas Folger, que herdou a posição após Alex Rins cair sozinho e abandonar prematuramente a corrida. Takaaki Nakagami e Lorenzo Baldassarri foram os pilotos que fecharam o top-5 da disputa.

 
Saiba como foi o GP da Malásia de Moto2:
 
A poluição resultante de queimadas agrícolas e florestais na Indonésia segue marcando presença em Sepang. Mesmo evitando a passagem do sol, a temperatura segue alta na pista de Selangor, chegando aos 33°C pouco antes da largada. No asfalto, os termômetros marcam 49°C, enquanto os ventos sopram a uma velocidade de 4 km/h.
 
Pela primeira vez desde o GP do Catar de 2012, Tom Lüthi tinha a pole da Moto2, à frente de Johann Zarco e Álex Rins, que inicia uma prova no top-3 pela nona vez na temporada.
 
Para a prova deste fim de semana, a Dunlop, fornecedora única dos pneus da categoria, separou os compostos macios ‘1’ e médios ‘2’.
 
Logo na largada, Lüthi chegou a se manter na primeira posição. Porém, não conseguiu sustentar por muito tempo a ponta do pelotão, sendo ultrapassado ainda na primeira volta por Johann Zarco.
 
Mas o suíço logo tratou de dar o troco em seu adversário francês, tomado mais uma vez a liderança da corrida. Quem aparecia em terceiro era Jonas Foler, seguido por Takaaki Nakagami e Álex Rins.
 
Com 17 giros para a bandeira quadriculada, a vantagem de Lüthi para Zarco já era de mais de 0s5. Enquanto isso, a torcida local observou a queda de Marchel Schrotter, que acabou retornando para a disputa.
 
Na curva 5, Rins mostrou estar em sintonia com sua moto. Assim que entrou na curva, o piloto acabou sofrendo uma escorregada e acabou perdendo o equilíbrio. Porém, em bom domínio, acabou se endireitando, permanecendo no terceiro posto.
 
Pouco depois, foi a vez de Florian Alt de Alex Márquez que acabaram no chão da pista. Porém, em ambos os casos os pilotos logo se recuperaram e voltaram para o traçado.
 
Enquanto isso, na ponta do pelotão, poucas coisas mudaram. Lüthi permanecia ditando o ritmo da corrida, enquanto Zarco, já campeão da categoria, tentava diminuir a diferença de 0s496 para o ponteiro. Sem sucesso, a desvantagem pulou para 0s571.
 
Quem protagonizava uma intensa briga era Folger e Rins. O #94 tentava alcançar o #40 para assumir o terceiro posto, mas não conseguia alcançar o ritmo superior do adversário. Uma investida quase garantiu a ultrapassagem, mas o espanhol fechou a porta.
 
Mas pouco demorou e o titular da Pons acabou vendo sua prova acabar prematuramente. Ao entrar na curva 9, acabou caindo sozinho e parando na caixa de brita. Ele tentou sozinho levantar a moto, e apesar do auxílio dos fiscais, acabou abandonando a disputa.
 
Lois Salom foi responsável por dar um tempero na morna corrida dominada por Lüthi. Em um único lance, acabou ultrapassando Simeon e Syahrin, assumindo a oitava colocação.
 
A seis voltas da bandeira quadriculada, era o suíço quem ainda liderava. Ele era perseguido por Zarco, Folger, Nakagami e Baldassarri.
 
Foi na reta final da disputa, com dois giros para o final, Zarco encostou em Lüthi, que mantinha apenas um ritmo para permanecer na ponta. Os adversários começaram uma intensa batalha pela liderança.
 
Na última volta a emoção apareceu no traçado malaio. O titular da Ajo deu o bote em cima do adversário da Interwetten,conseguiu a ultrapassagem e garantiu a vitória na etapa da Malásia. Folger, Nakagami e Baldassarri fecharam o top-5.

Moto2, GP da Malásia, Sepang, Final:

 
1
5
JOHANN ZARCO
FRA
AJO Kalex
40:37.772
19 voltas
2
12
THOMAS LÜTHI
SUI
INTERWETTEN Kalex
+0.598
 
3
94
JONAS FOLGER
ALE
ARGIÑANO & GINÉS Kalex
+9.846
 
4
30
TAKAAKI NAKAGAMI
JAP
TEAM TADY Kalex
+14.139
 
5
7
LORENZO BALDASSARRI
ITA
FORWARD Kalex
+16.440
 
6
39
LUIS SALOM
ESP
PONS Kalex
+22.294
 
7
11
SANDRO CORTESE
ALE
INTACT Kalex
+22.708
 
8
55
HAFIZH SYAHRIN
MAS
RACELINE Kalex
+26.685
 
9
3
SIMONE CORSI
ITA
FORWARD Kalex
+28.556
 
10
19
XAVIER SIMÉON
BEL
GRESINI Kalex
+30.081
 
11
49
AXEL PONS
ESP
ARGIÑANO & GINÉS Kalex
+30.873
 
12
36
MIKA KALLIO
FIN
QMMF Speed Up
+31.787
 
13
22
SAM LOWES
ING
SPEED UP
+33.844
 
14
88
RICKY CARDÚS
ESP
JPMOTO MALAYSIA Suter
+33.886
 
15
21
FRANCO MORBIDELLI
ITA
ITALTRANS Kalex
+38.087
 
16
25
AZLAN SHAH
MAS
TEAM TADY Kalex
+41.612
 
17
4
RANDY KRUMMENACHER
SUI
JIR KALEX
+42.239
 
18
96
LOUIS ROSSI
FRA
TASCA Tech3
+44.576
 
19
70
ROBIN MULHAUSER
SUI
INTERWETTEN Kalex
+46.312
 
20
57
EDGAR PONS
JAP
ITALTRANS Kalex
+49.357
 
21
2
JESKO RAFFIN
SUI
SAG Kalex
+56.476
 
22
97
XAVIER VIERGE
ESP
TECH3 Mistral 610
+1:17.119
 
23
16
JOSH HOOK
AUS
INTERWETTEN Kalex
+1:18.343
 
24
93
RAMDAN ROSLI
MAL
PETRONAS AHM Kalex
+1:18.534
 
25
60
JULIÁN SIMÓN
ESP
QMMF Speed Up
+1:20.599
 
26
66
FLORIAN ALT
ALE
IODA Suter
+1:37.028
 
27
10
THITIPONG WAROKORN
TAI
SAG Kalex
+1:51.965
 
 
40
ÁLEX RINS
ESP
PONS Kalex
NC
 
 
23
MARCEL SCHROTTER
ALE
TECH3 Mistral 610
NC
 
 
73
ÁLEX MÁRQUEZ
ESP
MARC VDS Kalex
NC
 
 
 
 
 
 
 
 
POLE
THOMAS LÜTHI
SUI
INTERWETTEN Kalex
2:06.383
157.8 km/h
VOLTA MAIS RÁPIDA
THOMAS LÜTHI
SUI
INTERWETTEN Kalex
2:07.321
156.7 km/h
RECORDE
MIKA KALLIO
FIN
MARC VDS Kalex
2:07.949
155.9 km/h
MELHOR VOLTA
THOMAS LÜTHI
SUI
INTERWETTEN Kalex
2:06.383
157.8 km/h
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Condições do tempo
 
PISTA SECA
 
ar: 35ºC | pista: 46ºC

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube