MotoGP

Zarco compara situação de Pol Espargaró na KTM com Ducati de 2007: “Só Stoner era capaz de ser rápido”

Johann Zarco avaliou que Pol Espargaró vive uma situação na KTM semelhante a de Casey Stoner com a Ducati em 2007. O francês reconheceu que o catalão é o único entre os pilotos da marca austríaca que consegue rodar no nível dos rivais mais fortes

Grande Prêmio / Redação GP, de São Paulo

Johann Zarco comparou a situação atual da KTM com a Ducati de 2007. Na visão do francês, Pol Espargaró é hoje para a marca austríaca o que Casey Stoner foi para o time de Borgo Panigale, já que é o único entre os pilotos montados na RC16 que consegue andar no nível dos pilotos da ponta.
 
Em seu primeiro ano na KTM, Zarco vem tendo atuações muito mais discretas do que aquelas que valorizaram seu passe enquanto titular da Tech3. Até aqui, o #5 soma apenas dez pontos e tem a 15ª colocação no Mundial de Pilotos.
 
Em Le Mans, por exemplo, Pol Espargaró colocou a RC16 na sexta colocação, 5s9 atrás do vencedor Marc Márquez, um resultado amplamente comemorado pela KTM
Johann Zarco (Foto: Philip Platzer/KTM)
Questionado se trabalhava para tornar a RC16 mais amigável ao piloto, Zarco respondeu: “Antes de mais nada, me preocupo que seja boa só para mim. Se a minha maneira de trabalhar render coisas boas para outros pilotos, ficaria feliz com isso”.
 
Na visão do francês, tal qual Stoner, apenas Pol consegue levar a moto austríaca ao seu melhor. O australiano foi o único piloto a conquistar o título a bordo do protótipo austríaco.
 
“Com certeza, no momento, é como nos tempos de Stoner, só Casey era capaz de ser rápido com a Ducati em 2007. Pol é quem está realmente no nível de todos os outros”, admitiu. “A meta da KTM, eles estão felizes com esse tipo de resultado, mas ficariam ainda mais felizes se as quatro motos fossem competitivas”, ponderou.
 
Ainda, Zarco, que terminou o GP da França apenas na 13ª colocação, afirmou que a prova em Le Mans “foi uma ótima resposta para mim, com um grande resultado de Pol e eu mais uma vez tendo problemas”.
 
“Agora vou tentar pensar de outra maneira e usar melhor a moto, mesmo que ainda não seja para vencer, pelo menos para alcançar o top-10”, encerrou.

O GP da Itália de MotoGP está marcado para o domingo, às 9h (de Brasília). O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO.
 



Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.