Chefe da Haas na F1 revela que Kvyat está “analisando” opções no grid da Nascar

Guenther Steiner, chefe da Haas na F1, revelou que Daniil Kvyat, atual piloto reserva da Alpine, está analisando opções no grid da Nascar para a temporada de 2022

ANDRETTI -SAUBER NA F1: AFINAL, O ACORDO SAI OU NÃO? | GP às 10

A última temporada de Daniil Kvyat pela Fórmula 1 foi em 2020, pela AlphaTauri, antes da chegada do novato Yuki Tsunoda à categoria. Desde então, em 2021, o russo se tornou piloto reserva e de testes da Alpine. Por isso, pensando em outras possibilidades para seu futuro, Kvyat teve seu nome ligado à Nascar, após Guenther Steiner, chefe da equipe de Gene Haas na F1 — e que também possui um time na categoria americana, a Stewart-Haas Racing —, revelar que ele estava avaliando algumas opções no grid.

“Muitos pilotos querem experimentar. Alguns estão indo para a Indy também”, disse Steiner, no podcast da própria equipe Haas. “Este é um grande passo para eles, já que essas competições são muito diferentes, é como imaginar ir da Nascar para a Fórmula 1. Não se trata apenas de guiar, mas de todo um sistema”, acrescentou.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Vale lembrar que outros pilotos que também perderam suas vagas na maior categoria do automobilismo mundial — o próprio Romain Grosjean e Kevin Magnussen, que faziam parte da Haas — partiram rumo aos campeonatos do esporte a motor nos Estados Unidos. Grosjean se deu bem com a Indy, e Magnussen compete pelo IMSA Sportscar.

Kvyat correu pela última vez na F1no GP de Abu Dhabi em 2020 (Foto: Red Bull Content Pool)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

“O Mick [Schumacher] esteve na corrida no Texas, e o Kvyat virá para a corrida em Martinsville [próxima etapa do campeonato]. Ele vai dar uma passada para ver se há opções interessantes para ele, porque no momento ele não está competindo na Fórmula 1″, seguiu.

Recentemente, Kvyat teve seu nome também relacionado à Fórmula E. Segundo o portal The Race, o piloto russo negociava com a Dragon para assumir uma das vagas no grid da FE na temporada 2021/22. Kvyat chegaria, então, para formar dupla com Sérgio Sette Câmara, que, ainda de acordo com a publicação, está a um passo da renovação.

Em entrevista ao canal russo Match TV, Kvyat não nega que está interessado por novos caminhos, mas não desconsidera a F1: “Estou aberto a muitas opções. Estou interessado na América. Estou pronto para considerar opções na Europa. Estou pronto para experimentar coisas novas. Eu quero correr, então mesmo que a Fórmula 1 não aconteça para mim em 2022, ainda sou muito teimoso para não tentar voltar em 2023”, comentou.

Na Fórmula 1, Kvyat iniciou a carreira em 2014, e passou pelos times da Red Bull: Toro Rosso, AlphaTauri e a equipe principal. Em sua trajetória de seis anos na categoria, foram três pódios, sendo sua melhor classificação um segundo lugar no GP da Hungria de 2015.

WILLIAMS-AUDI E McLAREN-PORSCHE: É POSSÍVEL A PARTIR DE 2025-2026 NA F1?

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar