Especialista da Nascar em mistos, Allmendinger consegue segunda pole do ano em Watkins Glen

Assim como na outra pista mista do calendário – Sonoma –, AJ Allmendinger largará da pole. Sua segunda pole em 2015 veio depois de liderar a maior parte do treino oficial, sem ser realmente ameaçado por nenhum outro piloto. Martin Truex Jr. conseguiu o segundo lugar, enquanto Tony Stewart, terceiro, fez seu melhor treino oficial na temporada

AJ Allmendinger deu mais uma prova de que é o grande nome da Nascar em circuitos mistos. O #47 conseguiu a pole para a etapa da Sprint Cup em Watkins Glen, repetindo o feito da etapa de Sonoma – o outro não-oval do calendário da Nascar.
 
Largando da posição de honra, o objetivo de AJ é somente a vitória. Só assim para o #47 conseguir se classificar para o Chase, já que dificilmente terá pontos suficientes para se classificar sem triunfos.
Allmendinger mostrou bom ritmo em Watkins Glen (Foto: Reprodução/Twitter)
Martin Truex Jr. fechou a primeira fila, com sua melhor posição de largada nos últimos meses. Mas surpreendente mesmo foi Tony Stewart que, conseguiu sua melhor posição de largada, terceiro, no mesmo dia em que foi indiciado por homicídio culposo por causa do acidente com Kevin Ward Jr.
 
Muitos pilotos sofreram para acertar um bom tempo de volta e avançar para a parte decisiva do treino oficial. Kurt Busch, Dale Earnhardt Jr., Joey Logano e Carl Edwards foram apenas alguns dos que ficaram fora do top-12.
 
A etapa de Watkins Glen da Sprint Cup será disputada neste domingo (9).

Saiba como foi a classificação da Sprint Cup em Watkins Glen

 
O céu de Watkins Glen estava nublado, mas não havia chance de chuva para a sessão classificatória. Além disso, o clima estava agradável, com 26ºC de acordo com os termômetros.
 
O primeiro piloto a liderar o Round 1 foi Kyle Larson, mas essa condição não dizia muita coisa: ainda faltavam 19 minutos para o fim da sessão. Clint Bowyer e Justin Allgaier também apareciam bem nos primeiros minutos.
Naturalmente, a liderança trocou de mãos. AJ Allmendinger tomou a ponta, com Kevin Harvick atrás. Larson ainda segurava o terceiro posto, mas com Joey Logano e Kurt Busch atrás.
 
A sessão andava e ficava claro quem tinha um bom ritmo e quem não tinha. Jimmie Johnson, por exemplo, estava em 12º, última posição para avançar rumo à parte decisiva do treino. Enquanto isso, Dale Earnhardt Jr., Kyle Busch, Brad Keselowski e Matt Kenseth sofriam para ficar até entre os quinze melhores.
 
Com o tempo, Johnson saiu do top-12, fazendo companhia aos outros medalhões da Nascar que sofriam para acertar uma boa volta. Além disso, Kyle Busch acertava um tempo de volta bom o suficiente para tirar seu irmão, Kurt, do Round 2.

Na sequência, Johnson melhorou e tirou Logano do top-12. Dale Jr. também conseguiu um tempo bom e tirou Carl Edwards. Nesse sufoco todo, Allgaier voltava dos mortos e deixava Denny Hamlin fora. Austin Dillon também surpreendeu, ficando com a 12ª e última posição. A liderança seguiu com Allmendinger até o fim.

O primeiro líder do Round 2 foi Harvick, com Gordon logo atrás. Enquanto isso, Keselowski ficava lento na pista, reclamando de algo errado com o #2.
 
Allmendinger logo apareceu para acabar com a brincadeira, tomando a primeira posição. Martin Truex Jr., também com uma volta ótima, assumia o segundo lugar. Tony Stewart era outra grata surpresa, em terceiro.
 
Faltavam apenas 30s para o fim do treino e nada mudou. O top-5 acabou sendo Allmendinger, Truex Jr., Stewart, Harvick e Gordon.
VIU ESSA? INDIANÁPOLIS RECEBE PEGA ENTRE MOTOGP E INDY

determinarTipoPlayer(“15565662”, “2”, “0”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube