Nascar

“Sem nenhum arranhão”, carro da Nascar furtado na Geórgia é encontrado abandonado em beira de estrada

O carro da Xtreme que foi furtado do estacionamento de um hotel na Geórgia foi encontrado na manhã deste sábado (28). Veículo foi abandonado pelos ladrões na beira de uma estrada no condado de Gwinnett

Warm Up / Redação GP, de São Paulo
Não demorou muito para que a Xtreme recuperasse o carro que foi furtado do estacionamento de um hotel em Morrow, na Geórgia, nas primeiras horas da sexta-feira (27). Pelo Twitter, a equipe anunciou que o carro de Travis Kvapil foi recuperado nesta manhã. 
 
Por conta da subtração do carro — que não tem um substituto —, Kvapil precisou se retirar da disputa da etapa deste fim de semana, que acontece em um circuito oval em Atlanta.
Carro de Travis Kvapil foi recuperado nesta manhã (Foto: Nascar)
 O carro furtado estava dentro de um trailer, junto com um motor Chevrolet reserva e cerca de US$ 17,5 mil (cerca de R$ 49,6 mil) em equipamentos. O trailer foi levado do estacionamento de um hotel por volta das 5h30 da manhã por ladrões que guiavam uma Cherokee prata ou cinza. 
 
A polícia acreditava que os bandidos não sabiam o que realmente tinham roubado e esperava que a carga fosse abandonada uma vez que eles descobrissem que tinham furtado um carro da Cup.
 
No início deste sábado, o carro foi encontrado na beira de uma estrada nas cercanias do condado de Gwinnett. Os moradores da região chamara a polícia, que alertou o time sobre a recuperação do veículo. Falando à agência ‘The Associated Press’, o sargento Larry Oglesy, da polícia de Morrow, confirmou que o carro tinha sido recuperado. 
 
Em fotos postadas nas redes sociais, o #44 — avaliado em US$ 250 mil (aproximadamente R$ 709,5 mil) pelas autoridades policiais — aparece sem nenhum dano aparente, com o time reportando que o carro “estava a caminho de NC [Carolina do Norte] sem nenhum arranhão!”.
 
As fotos, entretanto, não mostram o trailer, o motor reserva do time e os demais equipamentos furtados.
 
A recuperação do carro, porém, chega tarde demais para Kvapil, que não vai mesmo participar da prova em Atlanta.