Sem vencer em ovais, Montoya deixa Ganassi ao fim da temporada 2013 da Nascar, afirma agência

De acordo com a ‘AP’, o presidente da escuderia americana, Steve Lauletta, informou aos integrantes do time que Juan Pablo Montoya não vai continuar com eles na próxima temporada da Nascar

O casamento entre Juan Pablo Montoya e a Ganassi terminou, é o que afirma a agência de notícias ‘AP’. De acordo com a publicação, o presidente da escuderia, Steve Lauletta, teve uma reunião com os funcionários do time, nesta terça-feira (13), e anunciou que o colombiano não continuará com eles em 2014.

Embora a Ganassi não tenha confirmado oficialmente o fim do vínculo, diversos funcionários do time revelaram a reunião à ‘AP’. O piloto deve seguir no carro até o fim do atual campeonato.

Juan Pablo Montoya se despede da Ganassi (Foto: Getty Images)

Essa era a segunda passagem de Montoya pela escuderia americana. Após deixar a F1, na metade da temporada 2006, o colombiano decidiu retornar ao time de Chip Ganassi para correr na Nascar. Desde então, ele conquistou apenas duas vitórias – ambas em circuitos misto – tendo disputado 239 provas.

Na primeira passagem do sul-americano pelo time, Montoya disputou as temporadas 1999 e 2000 da Cart, tendo conquistado 11 vitórias – incluindo as 500 Milhas de Indianápolis de 2000 – e um título.

Confirmado

No fim da tarde desta terça-feira, o sócio da Ganassi, Felix Sabates, confirmou a saída do colombiano. “Nós não renovamos o contrato dele para o ano que vem”, disse o dirigente à rádio ‘SiriusXM’. “Foi uma decisão difícil, e ele entendeu. É preciso seguir em frente na vida algumas vezes. É frustrante para todo mundo que você sabe que tem um bom equipamento e não está conseguindo fazer tudo dar certo”, encerrou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube