Outras

Agora na Red Bull, Gasly revela que teve de negociar com chefes participação na Corrida dos Campeões

Pierre Gasly não escondeu a satisfação em poder disputar a Corrida dos Campeões, neste final de semana, no México. Entretanto, o francês revelou que teve que negociar sua participação com seus chefes da Red Bull

Warm Up / Redação GP, de São Paulo
Pierre Gasly vai fazer sua estreia na Corrida dos Campeões, neste final de semana, mas sua participação não foi tão fácil de ser garantida. O piloto revelou que teve que negociar com seus chefes de equipe para poder fazer parte do evento.
 
O novo titular da Red Bull vai compor o Time França, competindo ao lado de Loïc Duval, no Autódromo Hermanos Rodríguez, que é palco da competição. O piloto, é claro, comemorou a oportunidade. “Tenho assistido a Corrida dos Campeões desde que era uma criança, então é um grande prazer estar aqui neste final de semana”, disse.
 
“Sou um piloto e gosto de pilotar qualquer carro que posso. Então, quando vi a oportunidade de defender o Time França, claro que quis fazer isso. Tive que negociar um pouco com meus chefes de equipe, mas, no final, me deixaram correr”, explicou.
Pierre Gasly (Foto: Red Bull)
“Esse é um evento realmente legal com uma atmosfera incrível, e é ótimo ter a chance de correr em uma atmosfera mais relaxada e encontrar tantos diferentes pilotos de diferentes categorias ao redor do mundo”, completou.
 
A edição deste ano da Corrida dos Campeões vai contar com grandes nomes do automobilismo mundial, alguns já velhos conhecidos do evento, como Sebastian Vettel, David Coulthard e Tom Kristensen, e outros estreantes, como Mick Schumacher e Pato O’Ward.
 
Na Copa das Nações, que acontece neste sábado, o Time Brasil vai ser composto por Helio Castroneves e Lucas Di Grassi.